Colégio Sesi Internacional - display portal

A instalação dos cabos que suportarão a faixa de rodagem da Ponte de Integração seguem em ritmo constante. Estão sendo colocados os primeiros tirantes que vão desde a coluna principal até a caixa de equilíbrio, de acordo com a Agência de Informação Paraguaia.

Também estão em andamento as obras da câmara de tensionamento da estaca principal, que deve atingir 163 metros de altura neste mês. 

Da mesma forma, os trabalhadores preparam os carros avançados para a montagem dos segmentos metálicos no rio Paraná.

Obras Ponte da Integração lado Paraguaio
Obras da Ponte da Integração. Foto: Itaipu.

Lado brasileiro da Ponte da Integração

Quanto as obras do lado brasileiro, o terceiro segmento foi posicionado no vão central da ponte, de um total de 37 que devem ser colocados. São instalados por meio de um moderno sistema denominado “dispositivo de lançamento”, projetado e construído exclusivamente para esse fim.

A ponte de integração é do tipo estaiada. A secção central será constituída por um tabuleiro sustentado – em vários pontos ao longo do seu comprimento – por cordas presas à caixa de equilíbrio. O mastro (“Y” invertido) e as pranchas são os que recebem e transmitem as cargas.

A Ponte de Integração terá 760 metros de extensão, com colunas principais de 174 metros de altura e vão central (espaço entre os dois pilares por onde passa o canal de navegação do rio) com 470 metros de largura e mais de 60 metros de altura. O investimento na obra é de 84 milhões de dólares e está a cargo da Itaipu Binacional.

Fonte: Agência de Informação Paraguaia.

cellshop

Comentários

Deixe a sua opinião