O presidente da República Jair Bolsonaro e Mario Abdo Benítez presidente do Paraguai, fizeram nesta quarta-feira, 31 de agosto, uma visita técnica à zona de construção da Ponte de Integração, que está em fase de conclusão. 

Os dirigentes, após a correspondente saudação, percorreram a estrada da nova ligação rodoviária erguida no Rio Paraná. O empreendimento é financiado pela Itaipu Binacional no valor de US$ 84 milhões.

Bolsonaro e Marito na Ponte da Integração
Foto: Itaipu Binacional PY.

Os chefes de Estado garantiram tratar-se de uma obra histórica, que acontece 57 anos após a construção da Ponte da Amizade, que ajudará a fortalecer a conectividade entre os dois países.

O presidente Bolsonaro indicou que a Ponte da Integração é motivo de orgulho para Paraguai e Brasil, que estão mais próximos do que nunca. Acrescentou que esta mega-estrutura vai ajudar a impulsionar o comércio, não só bilateral, mas na própria região, e especificou que cumpre os requisitos de segurança tanto para veículos como para peões.

No dia 17 de agosto, as duas extremidades da Ponte de Integração foram unidas após a colocação da última aduela (chave) no centro da superestrutura. A instalação desta peça metálica, com 5,75 metros de comprimento e mais de 20 toneladas, simbolizou a união entre as duas margens, ligando os lados paraguaio e brasileiro.

A Ponte da Integração tem 760 metros de extensão, com vão central de 470 metros de vão livre sobre o rio e mais de 60 metros de altura. A montagem das aduelas, peças pré-fabricadas mistas (metal e concreto) que conformam a pista da estrutura começou em outubro de 2021. Foram colocadas 37 aduelas metálicas, 18 de cada lado, e a chave no centro.

Comentários

Deixe a sua opinião