Em reunião realizada na última terça-feira (09), as autoridades do Paraguai e da Argentina discutiram a possibilidade de uma passagem fluvial entre os países. O encontro foi realizado em Puerto Iguazú, na Argentina. O organizador da colaboração foi o cônsul paraguaio, Magno Álvarez.

Além de Álvarez, estavam também presentes: os prefeitos de Nacunday (Rafael Ramírez), Puerto Esperança (Alfredo Gruber), Domingo Martínez de Irala (Derlis Benegas), Colônia Delicia (Roberto Carlos Wern) e Libertad (Fernando Ferreira). O presidente da reunião foi Juan Andrés Cáceres Arzamendia, que é Vice-Ministro de Administração e Assuntos Técnicos do Ministério das Relações Exteriores.

Durante o dia, foi decidido a reativação da travessia por meio dos rios que interligam as fronteiras paraguaias e argentinas. E ainda, foram discutidos os detalhes da operação. Os administradores municipais oficializaram o pedido de esforços de cooperação para o Ministério das Relações Internacionais.

Entre os serviços acordados: foi permitida a passagem em barcos com até 25 pessoas entre Nacunday e Colônia Delicia, o serviço de balsa entre Puerto Irala e Libertad e o início dos procedimentos para a habilitação ou restauração das estruturas de travessia necessárias nos outros municípios.

Comentários

Deixe a sua opinião