Nesta semana, foi assinado o contrato para a construção da ponte internacional entre Porto Xavier, no Rio Grande do Sul, com San Javier, na Argentina.

A ponte era muito esperada pela população das cidades, a estrutura vai trazer crescimento não só para a região de Porto Xavier, mas também para as demais cidades vizinhas.

A construção da ponte era uma reivindicação antiga de prefeitos da região das Missões do Rio Grande do Sul. A previsão é de que o projeto seja concluído em até dois anos e meio.

Para a obra, o governo brasileiro deverá investir cerca de R$ 220 milhões. A travessia entre as duas cidades é feita, atualmente, por balsa. Quando pronta, a nova ponte será a ligação entre o RS e a Argentina, sendo uma alternativa às travessias situadas em Uruguaiana e São Borja.

O ministro da Infraestrutura, Marcelo Sampaio Cunha Filho, é esperado em Porto Xavier, na próxima terça-feira (25), para a assinatura da ordem de serviço para o início da construção da ponte. Em entrevista ao programa Gaúcha Atualidade, da Rádio Gaúcha, Sampaio afirmou que a obra começará no ano que vem.

A região aguarda essa ponte há mais de uma década. Temos, hoje, os projetos prontos e vamos iniciar as obras no ano que vem, para que a gente possa conectar mais uma região com a Argentina, o que vai desenvolver muito a região das Missões.

Disse o ministro.

A partir da assinatura da ordem de serviço da obra, a Coesa Construções e Montagens terá seis meses para a elaboração do projeto executivo, para a desapropriações das áreas necessárias para a construção e também para conseguir as licenças ambientais. Por conta disso, o início das obras é previsto para após este período de seis meses.

Com informações da GZH.

Comentários

Deixe a sua opinião