Com a colocação da aduana número 18 no lado paraguaio da obra, a Ponte de Integração está a apenas 5,78 metros de distância da junção do lado paraguaio e brasileiro.

Do lado brasileiro da obra falta apenas a instalação da aduela central (chave) para a realização da união física no rio Paraná. A união completa da megaestrutura ocorrerá ainda no mês de agosto, e a conclusão total da obra ocorrerá no último trimestre do ano.

O engenheiro Pánfilo Benítez, assessor especial da Diretoria de Coordenação, argumentou que, uma vez estabelecida a chave, serão colocadas lajes pré-fabricadas e, por fim, a pavimentação asfáltica da estrada. Posteriormente, será realizada a finalização da ponte, com as grades anti-suicídio, o sistema de iluminação e a colocação de sensores para detectar qualquer inconveniente que possa surgir nos tensionadores.

VEJA O VÍDEO PRODUZIDO PELO CANAL SSC FOZ DO IGUAÇU.

Nesta quarta-feira (10) a diretoria paraguaia da Itaipu Binacional publicou fotos e um timelapse (vídeo acelerado) das obras da Ponte da Integração, confira.

A Ponte da Integração representa a segunda ponte internacional entre Paraguai e Brasil após 54 anos. A obra é executada pela Itaipu Binacional por US$ 84 milhões e deve ser concluída nos últimos meses deste ano.

Esta obra será utilizada exclusivamente para o tráfego de caminhões pesados, deixando a Ponte da Amizade para o tráfego leve.

Entramos em contato com o DER Paraná para informações a respeito sobre as obras de acessos para a Ponte da Integração, e assim que tivermos respostas vamos publicar uma nota.

Comentários

Deixe a sua opinião