Teddy Almeida começou sua carreira fugindo do formato tradicional dentro da caixa, explorando sua personalidade nos vídeos incríveis que produz e levando criatividade e emoção aos aniversariantes, noivos e recém-nascidos. Esse multiprofissional iguaçuense tem registros espalhados por vários lugares do mundo. Pegue seu café e se acomode no sofá, porque esta história dará um ânimo a mais para você na sua jornada profissional, seja ela qual for.

Teddy Almeida destaca que o formato da sua arte não é de agora. Com o passar do tempo e sua vivência, passou a colocar cada vez mais sua personalidade brincalhona e divertida no seu trabalho. Ele mesmo se define como uma “pessoa muito apaixonada por querer fazer as pessoas felizes, sendo meu propósito de vida”. Esta jornalista que vos escreve garante que a felicidade de Teddy na entrevista e o seu jeito carismático a conquistaram logo no primeiro momento.

Teddy Almeida

Começo da carreira de Teddy Almeida

Enquanto algumas pessoas têm receio de fugir para “fora da caixa”, na questão criativa, Teddy pratica essa arte desde o início de sua carreira de videomaker. Seu primeiro contato foi na frente das câmeras. Enquanto estava estudando educação física (área em que é formado e na qual atua até hoje como professor de tênis), apareceu uma oportunidade para realizar um curso de teatro em São Paulo. Lá na capital paulista foi seu start de carreira.

Fez diversas propagandas para televisão, clipes com cantores renomados na música brasileira e assim foi traçando seu caminho. Mas o que mais interessava nesse processo todo eram as câmeras, os bastidores como a colocação da luz, manejo das lentes e afins. Sempre que realizava os testes para fotografia, aproveitava para conhecer mais sobre produção e criação.

Teddy Almeida

Depois de algum tempo, voltou para Foz do Iguaçu. Um amigo soube do interesse dele por fotografia e o convidou para trabalhar como freelancer. Foi nesse momento que Teddy começou a desvendar sua carreira e sua paixão, criando assim sua identidade profissional para vídeos e fotos.

Passou a filmar casamentos no final de 2016, totalizando até o momento uma média de 20 por ano. Além de nascimentos, reuniões de família e aniversários.

O videomaker já foi convidado para atuar em mais de cinco países graças a seu trabalho. Um hobby que poucos sabem é que Teddy gosta de realizar miniensaios pelas cidades nas quais passeia, com pessoas desconhecidas. “As oportunidades aparecem em um lugar legal com pessoas interessantes”, comenta Teddy.

Teddy Almeida

Uma das muitas inspirações que ele carrega é da sua avó Conceição. “Ela é uma excelente contadora de histórias, consegue contar de um jeito muito encantador e com a calma que o tempo não tem pressa de passar.” Outras das várias inspirações que Teddy tem são os profissionais de alto nível do seu nicho, os quais o motivam a realizar cursos e capacitações.

Ele também recebe apoio incondicional da família. A esposa, Jacqueline, é seu braço direito na empresa. Juntos eles têm dois filhos, a mais velha Aliyah (6) e o Gael (2). “Minha filha puxou a criatividade do pai, já se diz artista, faz desenhos, esculturas e também já escreveu um livro. E o caçula não pode nem ouvir as músicas quando o papai está editando os filmes que já começa a dançar.”

Teddy lembra que o vídeo de casamento é uma parte importante de nossa vida. Ele tem de representar a personalidade dos noivos, pois registra um momento de alegria e emoção que ficará guardado na memória.

Teddy Almeida

Quem acompanha as redes sociais do videomaker pode perceber que cada história contada através de suas lentes é diferente. Justamente pelo elemento-chave que o profissional leva muito em conta: a história dos noivos. Cada vídeo é único, afinal cada casal tem um estilo de vida, uma música favorita e atividades que gosta de realizar em conjunto. “Trabalho com várias histórias em paralelo que acontecem dentro do dia do casamento.”

Histórias com emoção, é isso o que Teddy Almeida almeja a cada trabalho.

“Tem que ir absorvendo o que cada um tem a oferecer para você, aprender com outras áreas, tirar o melhor que você possa de cada uma das pessoas que podem trazer alguma coisa boa para você.”

Democracia Inabalada.

Comentários

Deixe a sua opinião