Com a trégua dos casos de covid-19 em Foz do Iguaçu, e o fim das medidas restritivas rigorosas, pode surgir a dúvida: mas ainda existe restrições na cidade? Sim, ainda existe restrições em Foz do Iguaçu. Saiba quais são.

O último decreto publicado na sexta-feira (10), prorrogou as atuais restrições até o dia 25 de setembro.

Começando com as reuniões familiares, os encontros familiares não estão proibidos, mas eles devem seguir obrigatoriamente o limite exigido, que é o de até 20 pessoas, entre adultos e crianças.

De preferência, com o uso constante de máscara por todos os presentes, alerta a Vigilância Epidemiológica.

Já os bares, restaurantes e outras atividades comerciais e industriais podem funcionar com até 60% da capacidade de público, desde que mantido o distanciamento social entre as mesas.

O horário de funcionamento é até 1h da madrugada, sem restrição na venda de bebida alcoólica.

Quanto ao turismo, os atrativos turísticos estão liberados para funcionar com 70% da capacidade permitida, desde que também se adequem às normativas de distanciamento, incentivo ao uso de máscara constante pelos visitantes, oferta de álcool gel.

O setor hoteleiro já pode funcionar com 100% da capacidade, também respeitando as normas de segurança.

Medidas restritivas Foz do Iguaçu

Atividades que seguem proibidas em Foz do Iguaçu

Conforme o decreto determina, segue proibido o funcionamento de discotecas, danceterias e salões de dança, bem como casas noturnas e de shows. Festas em chácaras de lazer e balneário também estão suspensas.

Aglomerações clandestinas e bailes continuam estritamente proibidos.

Comentários

1 Comentário

Deixe a sua opinião