Hospitais que tiverem ventiladores pulmonares fora de operação podem fazer contato com unidade para solicitar o serviço

Uma ação desenvolvida pelo Senai no Paraná pode contribuir no combate à COVID-19 no Estado, devolvendo respiradores mecânicos que estavam danificados e fora de operação a hospitais paranaenses. Seguindo uma iniciativa nacional do Serviço Nacional de Aprendizagem, o Instituto Senai de Tecnologia em Metalmecânica de Maringá está recebendo aparelhos que estejam nessas condições para a realização de manutenção, o que vai possibilitar que eles sejam utilizados novamente, atendendo casos de pacientes com forte insuficiência respiratória, uma das consequências da COVID-19. “Desde que iniciamos esta ação, já recebemos a demanda de um hospital de Maringá e um de Londrina, mas esperamos contribuir ainda mais com essa iniciativa”, afirma a coordenadora de Tecnologia e Inovação do Instituto, Lídia Gomes Mendonça.

 

De acordo com ela, qualquer hospital que tenha algum equipamento desses parado e queira realizar a manutenção pode entrar em contato com o Instituto para solicitar o serviço, pelo e-mail lidia.gomes@sistemafiep.org.br. “Já estamos levantando parcerias com fornecedores para o caso de necessidade de troca de peças, para que a manutenção seja feita em sua totalidade. Assim, os hospitais só precisam providenciar a desinfecção e o transporte dos aparelhos, para que eles cheguem até nós, para a realização da manutenção”, explica Lídia. Após manutenção, os respiradores estarão novamente à disposição dos hospitais.

O tempo para devolução do equipamento já pronto para ser utilizado novamente, no entanto, depende das condições em que o aparelho chegar ao Instituto. No Paraná, além do Instituto de Tecnologia em Metalmecânica, a Renault também está participando da ação, oferecendo suporte técnico em Curitiba, para o serviço realizado pelo Senai em Maringá. Outras indústrias automobilísticas também, estão estudando a possibilidade de aderir à iniciativa. Em todo o Brasil, estima-se que cerca de 3,6 mil ventiladores pulmonares estão fora de operação, de acordo com  a LifesHub Analytics e Associação Catarinense de Medicina (ACM).

Sobre os Institutos Senai de Tecnologia e Inovação

Localizados em regiões estratégicas, os Institutos Senai, como o de Maringá,  fazem parte de uma rede nacional e contam com equipe técnica altamente especializada e laboratórios equipados com tecnologia de ponta para apoiar as indústrias no avanço da pesquisa e da inovação, tendo como missão apoiar a indústria nos desafios tecnológicos e de produtividade.

SOBRE O SISTEMA FIEP

O Sistema Fiep é composto pela Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep), Serviço Social da Indústria (Sesi), Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e Instituto Euvaldo Lodi (IEL). As instituições trabalham integradas em prol do desenvolvimento industrial. Com linhas de atuação complementares, realizam a interlocução com instâncias do poder público, estimulam o fomento de negócios nacionais e internacionais, a competitividade, a inovação, a tecnologia e a adoção de práticas sustentáveis, e oferecem serviços voltados à segurança e saúde dos trabalhadores, à educação básica de crianças, jovens e adultos, à formação e aperfeiçoamento profissional, à formação de nível superior, além de capacitação executiva. Sistema Fiep: nosso i é de indústria.

 

Participe da comunidade 100fronteiras. Apoie o jornalismo local!

Apoiando o jornalismo local, você valoriza a sua cidade, seu estado e seu país.

Nossa equipe está diariamente trazendo notícias da Tríplice Fronteira, apresentando novos lugares, com isso você receberá conteúdos exclusivos e brindes.

Participe já do nosso grupo do WhatsApp ou interaja em nosso Telegram.

Nos encontramos lá, até mais

Comentários

Deixe a sua opinião