Aprimorar o relacionamento bilateral, em busca de consensos, racionalizar recursos e fortalecer a imagem da Itaipu Binacional no Brasil e no exterior são algumas das metas apresentadas pelo novo diretor financeiro executivo da empresa, André Pepitone da Nóbrega, em seu discurso de posse, na tarde desta quarta-feira (19), em Foz do Iguaçu (PR).

A cerimônia contou com a participação de toda a diretoria da Itaipu Binacional, liderada pelos diretores-gerais Anatalicio Risden Junior (Brasil) e Manuel Maria Caceres Cardozo (Paraguai).

Também estavam presentes representantes de entidades como a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), a Empresa Metropolitana de Águas e Energia (Emae) e o Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) – entre outros.

Nomeado na última terça-feira (17) pelo presidente Jair Bolsonaro e pelo ministro de Minas e Energia, Adolfo Sachsida, Pepitone chega a Itaipu com vasta experiência no setor elétrico. Ele foi o primeiro servidor concursado da Aneel a integrar a diretoria do órgão, em 2010; e foi diretor geral da instituição, de 2018 a 2022.

Também presidiu a Associação Iberoamericana de Entidades Reguladoras de Energia (Ariae), que reúne 27 reguladores de energia de 20 países ibero-americanos, com mandado de 2018 até o último dia 11 de maio. Antes, de 2015 a 2018, ocupou a vice-presidência da mesma instituição.

“Venho [à Itaipu] para somar esforços e, em equipe, empregar minha experiência no setor elétrico brasileiro para construir soluções que atendam aos melhores interesses de Brasil e Paraguai”, declarou.

Segundo ele, Itaipu é motivo de orgulho não apenas por ser uma das maiores produtoras de energia limpa e renovável do planeta, mas por constituir exemplo de gestão compartilhada, atuando com eficiência, transparência, responsabilidade social e compromisso ambiental.

“Integrar a sua alta direção, fazer parte de sua história, é, portanto, uma honra imensa e uma grande responsabilidade”, enfatizou, acrescentando que dará segmento “ao esplêndido trabalho do almirante Risden à frente da Diretoria Financeira”.

Diretor financeiro executivo desde 2019, cargo que acumulou com a Direção Geral nos últimos três meses, Risden foi homenageado com uma placa de reconhecimento pela equipe da Financeira e deu as boas-vindas ao novo diretor. Ele ressaltou que Pepitone “une grande profissionalismo com uma forte vocação para o diálogo, o que, em Itaipu Binacional, será extremamente benéfico para a empresa”.

O diretor-geral brasileiro lembrou ainda que, na Aneel, Pepitone atuou em diferentes frentes de interesse público, como a modernização do setor elétrico (especialmente no empenho para a abertura de mercado), a busca pela desoneração tarifária (um dos grandes desafios dos últimos anos) e a atração de investimentos. “Pepitone chega para reforçar o nosso time em um momento especialmente importante na história da nossa empresa”, observou Risden.

Formação acadêmica

Formado em Engenharia Civil pela Universidade de Brasília (UnB), Pepitone tem especialização em Ciências Geotécnicas pela mesma instituição e MBA em Theory and Operation of a Modern National Economy, pela Universidade George Washington. Também participou do Program on Utility Regulation and Strategy, ministrado na Warrington College of Business, da Universidade da Flórida.

Comentários

Deixe a sua opinião