O Parque Tecnológico Itaipu – Brasil (PTI-BR), recebeu um toque especial em alusão as Campanhas do Outubro Rosa e Novembro Azul. Refletores nas cores rosa e azul foram acendidos na noite desta quinta-feira (21) para iluminar o Globo das Bandeiras, em frente ao Edifício das Águas Fase II, com o objetivo de chamar atenção para a prevenção e os cuidados com o câncer de mama e de próstata.Por todo o mundo, iluminações de prédios e monumentos, palestras e ações reforçam a importância da realização do autoexame e de exames preventivos. 

Fotos: Kiko Sierich

De acordo o diretor superintendente, general Eduardo Garrido, o propósito de unir as campanhas é para que mulheres e homens possam participar juntos nesta causa e aprender sobre os cuidados de prevenção contra o câncer.

“A iluminação vem para dar mais visibilidade para essas campanhas tão importantes. São meses especiais para refletirmos sobre a saúde da mulher e do homem, principalmente a questão da prevenção e da mobilização para a detecção precoce da doença”, afirmou. 

Fotos: Kiko Sierich

A iniciativa da iluminação, que também é promovida historicamente pela Itaipu Binacional em seus prédios, passa a contar agora com a adesão do Parque Tecnológico.

“A iluminação especial também passará a ser adotada em outras datas importantes ao longo do ano com as cores que as simbolizam para lembrar do cuidado e do bem-estar”, destacou o diretor superintendente. 

Mais ações no PTI

No sentido de reforçar e lembrar sobre relevância dessas campanhas, outras ações internas voltadas para os colaboradores foram desenvolvidas por intermédio da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA). Com a temática “Elo de atenção e cuidado com a vida”, uma bate-papo foi realizado na manhã desta última quinta-feira (21), em formato híbrido: online pelo Youtube e presencial no Auditório Cesar Lattes, seguindo todos os protocolos de prevenção.  

Fotos: Kiko Sierich

De forma inspiradora e emocionante, o colaborador do Centro de Empreendedorismo do PTI-BR, Gabriel Caus, contou a sua história de superação, desde a descoberta do câncer até a cura e a escrita de um livro. O evento contou também com a participação da enfermeira do ambulatório do PTI e Professora da Unioeste, Andrea Ferreira Ouchi França, e do enfermeiro do ambulatório do PTI e Professor da Unioeste, Helder Ferreira, que abordaram a importância de ficar atento a sinais do câncer de mama e próstata, a prevenção e a busca por ajuda médica.  

Fotos: Kiko Sierich

Entre as iniciativas, ocorreram ainda a entrega de laços, símbolos dos movimentos, e divulgação de informativos sobre as temáticas nas redes sociais internas.   

Comentários

Deixe a sua opinião