O canteiro de obras em Foz do Iguaçu segue a todo vapor. Com a finalização da Segunda Ponte, as atenções estão voltadas para as obras da Perimetral Leste. A nova rodovia terá uma extensão de 15 quilômetros, que irá contornar a cidade, desde a BR-277 até a Ponte da Integração Brasil – Paraguai, que teve sua estrutura concluída no mês passado e está recebendo os ajustes finais.

Neste mês, os serviços estão concentrados no novo viaduto da BR-277, que fará a ligação das rodovias, além de permitir acessos às marginais e retornos para quem trafega sentido Foz ou Curitiba.

O viaduto já começou a ganhar forma com a implantação finalizada dos pilares e as primeiras vigas sendo concretadas. No total, serão seis viadutos na nova rodovia, sendo que três deles já estão com as estruturas prontas.

Viaduto da BR-277 ganha forma na nova Perimetral Leste em Foz do Iguaçu

Mais próximo da Ponte da Integração está sendo realizada a terraplanagem na interseção do acesso à Ponte da Rodovia Tancredo Neves, que faz ligação da fronteira entre Brasil e Argentina. As obras também seguem em andamento nas aduanas argentina e paraguaia com serviços de drenagem. O investimento atualizado na Perimetral Leste é de R$ 18,9 milhões, com 18,17% das obras concluídas.

Viaduto da BR-277 ganha forma na nova Perimetral Leste em Foz do Iguaçu

A Perimetral Leste de Foz do Iguaçu é o segundo passo da obra que engloba a Ponte da Integração. O projeto, iniciado em 2019, é fruto de uma parceria entre o Governo do Estado, o governo federal e a Itaipu Binacional, responsável pelos recursos financeiros. Já a execução é do DER/PR.

Viaduto da BR-277 ganha forma na nova Perimetral Leste em Foz do Iguaçu

Nos últimos quatro anos, a margem brasileira da Itaipu Binacional e o Governo do Estado promoveram a infraestrutura da região Oeste do Paraná por meio de investimentos em obras estruturantes da ordem de R$ 1,6 bilhão. 

Entre as obras, destacam-se, ainda, a pavimentação da Estrada Boiadeira, a duplicação da Rodovia das Cataratas (BR-469), a duplicação da BR-277 em Cascavel, e as reformas e ampliações no Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu e no Hospital Ministro Costa Cavalcanti (HMCC).

Fonte: AEN/PR

Democracia Inabalada.

Comentários

Deixe a sua opinião