Sicredi realiza 1º Summit dos Comitês Jovens para incentivar lideranças e engajar associados e colaboradores mais novos na causa cooperativista

Nos dias 22 e 23 de maio, Curitiba recebeu o 1º Summit dos Comitês Jovens, evento promovido pelo Sicredi para reunir, engajar e incentivar as lideranças jovens nas cooperativas que atuam nos estados do Paraná, São Paulo e Rio de Janeiro. O evento reuniu mais de 200 participantes, entre presidentes das cooperativas, gerentes, assessores e jovens colaboradores e associados da instituição financeira cooperativa, no pequeno auditório do Teatro Positivo.

O evento contou com a participação de nomes que carregam muita experiência quando o assunto é empreendedorismo e liderança. No painel “15×15”, jovens que se destacaram pelo espírito de liderança apresentaram em 15 minutos um pouco sobre o trabalho que desenvolvem em suas comunidades, no mercado de trabalho e no mundo. O primeiro dia de evento teve também a realização do Hackathon Jovens Realizadores e foi finalizado com uma palestra de Eduardo Lyra, autor do livro Jovens Falcões, que narra a trajetória de 14 jovens empreendedores que mudam o mundo com seus projetos e iniciativas.

Com uma programação voltada à troca de experiências e compartilhamento de ideias, o encontro trouxe ainda Gisele Gomes, membro do Steering Committee do Wycup (World Council Young Credit Union Professionals), para falar sobre este programa do Woccu – World Council of Credit Unions (Conselho Mundial das Cooperativas de Crédito) -,  que concede bolsas de estudos para jovens de até 35 anos que desenvolvem projetos em suas cooperativas de crédito capazes de gerar impacto social e contribuir significativamente para o desenvolvimento da comunidade local. “Esse programa é capaz de transformar mentes, e não há nada mais poderoso do que uma mente transformada e transformadora”, afirmou Gisele. No Brasil, o Sicredi é o único sistema cooperativo associado ao Woccu, e, portanto, apto a inscrever cases no programa.

Carlos Gustavo Alves Ferreira e Cássia Salvalaggio, ambos colaboradores do Sicredi, apresentaram seus cases ganhadores do Wycup. Carlos foi premiado com a bolsa na conferência de 2014 na Austrália, por um grupo exclusivo de consórcio criado pela Sicredi Norte Sul PR/SP para ajudar produtores locais na organização do transporte de mercadorias, sem infringirem leis ou questões de segurança. Já Cássia, recebeu a bolsa em 2017, na Áustria, a partir do Chá das Bruxas, um evento desenvolvido pela Sicredi Nossa Terra PR/SP desde 2012 para estimular a participação das mulheres no mundo corporativo e em cargos de liderança. Atualmente, 50% da base de liderança da Cooperativa é feminina.

No segundo dia de evento, além das apresentações dos trabalhos desenvolvidos durante o Hackathon, Gustavo Caetano, CEO e fundador da Samba Tech e autor do livro “Pense simples: Você só precisa dar o primeiro passo para ter um negócio ágil e inovador”, ministrou uma palestra e contou sobre sua carreira e a sua relação com empreendedorismo e liderança.

Para Manfred Dasenbrock, presidente nacional do Sistema Sicredi e da Central Sicredi PR/SP/RJ, esses eventos mostram como a instituição valoriza o público jovem e reconhece a sua capacidade de fazer a diferença. “Hoje, no Sicredi, temos um aproveitamento de 70 a 80% do público interno que permanecem no sistema cooperativo. Um número incrível, mas nós queremos cada vez mais jovens construindo essa história conosco”, ressaltou Manfred.

Comentários

Deixe a sua opinião