Essa quinta-feira está sendo difícil para quem teve a oportunidade de conhecer e conviver com Ivan Carlos Mororo. Em Foz do Iguaçu ele era conhecido como o treinador, que mais do que apenas treinar jovens para o futubol profissional, treinava-os para a vida.

Ele deixou este plano na quarta-feira, 16 de março de 2022, sofreu uma parada cardíaca e acabou não resistindo.

Deixamos registrado aqui nosso profundo pesar e condolências à família.

Ivan tem uma grande bagagem no esporte, ele iniciou como atleta profissional. Como jogador defendeu as camisas de clubes como Atlético Paranaense, Matsubara, Goioerê, Atlético do Alto Vale, Mixto-MT e o azulão da fronteira.

Seu trabalho com as categorias de base começou no final da década de 90 quando assumiu a escolinha do Flamengo Esporte Clube, em Foz do Iguaçu. A partir de 2003, começou sua história com o Foz do Iguaçu FC.

No profissional do Azulão da Fronteira, Ivan atuou como auxiliar técnico no campeonato paranaense de 2015 e comandou a equipe no Campeonato Brasileiro da Série D, do mesmo ano. Em 2016, Ivan também comandou o elenco iguaçuense no estadual. Como técnico, também teve passagens pelo Coritiba (Feminino) e equipes do Paraguai.

Em 2022, Ivan Carlos Mororo Alves se dedicava ao projeto “Jardim Itaipu” e ao elenco que disputaria o paranaense Sub-20 pelo Foz do Iguaçu FC. Estudioso do futebol, Ivan também havia se matriculado no curso de Formação de Técnicos da Federação Paranaense de Futebol.

Ivan Mororo

Também se destacou no futebol feminino, quando conquistou o Campeonato Paranaense pelo Foz Cataratas F.C. Em sua carreira, Ivan descobriu alguns atletas também, hoje de grande destaque no Brasil e no mundo, como Safirinha, Marcelinho e Renatinho e Pepê ex-Grêmio.

No perfil de Ivan várias pessoas de todas as idades estão mandando mensagens para se despedir do treinador, veja algumas delas.

"Deus precisava de um treinador lá no céu, o time dele devia ta passando por algum perrengue e precisava de vc pra resolver por isso foi assim tão rápido, tão inesperado, quinta nós conversamos tanto, vc estava cheio de planos, cheio de sonhos, tão animado com seus novos projetos, falando com tanto orgulho dos meninos que vc tinha ajudado a revelar, poisé, foi a despedida mesmo sem saber, mesmo sem imaginar…"
 - Heloisa Occhi Detone.
"Obrigado professor Ivan Carlos Mororo Alves por todos os ensinamentos, aqui nessa fotos uma das inúmeras alegrias que tivemos juntos levantando o caneco… vá com Deus professor descanse em paz…" 
- Edson junior.
"Agradeço de coração por todos os conselhos e broncas, como Profissional quanto pessoal. Estará eternamente na minha memória e em meu coração.
Foram 22 Anos de aprendizados com um Grande Profissional que sempre admirei."
- Heder Machado

Em maio de 2016, o publisher da 100fronteiras, Denys Grellmann, entrevistou Ivan. A matéria saiu na editoria “Papo Sério” da Revista 100fronteiras. Denys conversou com o treinador sobre o Campeonato Paranaense, que estava recém começando.

Durante a entrevista, Denys comentou que precisava ter tato para trabalhar e ajudar a revelar novos jogadores, e perguntou se ele acabava sendo um pai para eles, e ele respondeu:

“Nas bases, principalmente, mais pai e educador. Eu sempre passei e falei para eles que eu estava ali pra ajudar na formação deles. O futebol, jogador, seria consequência do treino. Se der, deu; se não der, paciência. Mas o principal era formar para a vida. Ser um ser humano bom, digno, honrar pai e mãe, ter um bom trabalho. Essas coisas me deixam orgulhoso.”

Matéria de Ivan Mororo na revista 100fronteiras

Comentários

Deixe a sua opinião