Com o sucesso de ocupação hoteleira durante o feriado da Semana Santa, já que alguns hotéis chegaram a quase 100% de ocupação, o próximo feriado, (21 de abril, quinta-feira), dia de Tiradentes, também promete aquecer ainda mais a economia do turismo, de acordo com estudos em conjunto pelo Sindhotéis de Foz e Secretaria de Turismo, Projetos Estratégicos e Inovação, aponta a expectativa de ocupação em hotéis e pousadas em quase 75%.

Ainda de acordo com a pesquisa, as categorias de hotéis com diária média acima de R$ 601 são de 80%, de R$ 401 a R$ 500 esperam ter até 60% de ocupação, e de R$ 301 a R$ 400 pode chegar a 89%.

Para Marcelo Martini, presidente do Sindhotéis, “o feriado da semana santa, superou todas as expectativas, hotéis que estavam com expectativa de 80% de ocupação, passaram de 95%, algumas categorias atingiram 100% de ocupação, os bares e restaurantes também permaneceram lotados, identificamos que sem as restrições nas aduanas da Argentina e do Paraguai, o fluxo de turista ligado ao Mercosul, aumentou consideravelmente, isso foi um ganho importante para toda a economia da cidade”.

Feriado de Tiradentes em Foz

Os hotéis esperam ter a mesma expectativa da semana santa, uma excelente ocupação, com movimentos em bares e restaurantes.

A cidade vivenciou neste último final de semana, o novo normal que é a expectativa que nós vamos ter para os próximos meses do ano, dados da pesquisa, demostram taxa em 73,83% de ocupação, e também temos os turistas regionais de última hora que resolvem passar o feriado em Foz”. Finalizou Martini.

“Tenho a plena confiança que estamos voltando a normalidade, temos uma série de fatores que temos que levar em consideração, os hotéis de categoria superior tiveram uma ocupação maior, isso mostra que o impacto econômico devido a pandemia ainda está vigente, mas que o turismo vem mostrando toda sua força, todo mundo quer viajar, e Foz do Iguaçu é uma referência, a tendencia é aumentar o número de visitação nos feriados e dias normais, os empresários continuaram investindo em melhorias durante a pandemia, e temos novos atrativos funcionando e outros em fase de construção”. Pontuou Paulo Angeli, secretário de turismo de Foz.

Comentários

Deixe a sua opinião