É de parar o trânsito mesmo! A faixa de pedestres toda trabalhada nas cores do arco-íris na Rua Benjamin Constant, em frente à Fundação Cultural, é mesmo para chamar a atenção: a ação da Prefeitura de Foz do Iguaçu, por meio da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Relações com a Comunidade em parceria com o Instituto de Transportes e Trânsito de Foz do Iguaçu – Foztrans, visa apoiar o Dia Nacional da Visibilidade Trans no Brasil, comemorado no dia 29 de janeiro.

Prefeitura de Foz pinta faixa de pedestres com cores de arco íris em apoio ao Dia Nacional da Visibilidade Trans
Foto: Prefeitura de Foz do Iguaçu.

O objetivo da data é promover a reflexão sobre a cidadania das pessoas travestis, transsexuais (homens e mulher trans) e não-binárias (que não se reconhecem nem como homens, nem como mulheres).

As cores escolhidas para a pintura da faixa de pedestres na região central da cidade representam a comunidade LGBTI+.

“Pintar a faixa é uma ação simbólica, que tem como objetivo primeiro chamar a atenção para justamente puxar a discussão sobre o respeito às pessoas trans, que precisam ter seus direitos e oportunidades respeitadas. Queremos mostrar que nós da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Relações com a Comunidade, e a administração do Município, estamos junto nesta causa”, afirma a secretária Kelyn Trento.

Prefeitura de Foz pinta faixa de pedestres com cores de arco íris em apoio ao Dia Nacional da Visibilidade Trans
Foto: Prefeitura de Foz do Iguaçu.

É permitido, sim!

O artigo 80 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) proíbe a utilização de qualquer tipo de sinalização que não esteja prevista em lei. A exceção somente é admitida em casos de caráter experimental e por período pré-fixado, expressamente autorizados pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran). A ação da Prefeitura de Foz do Iguaçu terá duração de 90 dias.

Informações Prefeitura de Foz do Iguaçu.

Comentários

1 Comentário

Deixe a sua opinião