Nesta terça-feira (18), a CNN Brasil divulgou a matéria da colunista Ketly Vieira, na qual fala sobre a viagem feita para Foz do Iguaçu.

Ketly é cadeirante, e logo no título já elogia a cidade em questão de acessibilidade. “Foz do Iguaçu oferece passeios com segurança e acessibilidade para cadeirantes”. Foram 5 dias de aventura pela Tríplice Fronteira, Ketly mostra todo o seu roteiro, completíssimo, com direito de visita a Ciudad del Este e Puerto Iguazú.

Comentarista CNN visita Ciudad del Este
Ketly em Ciudad del Este. Foto: Acervo pessoal.

No primeiro dia, Ketly aproveitou para conhecer Ciudad del Este, onde visitou os grandes shoppings. Ela conta que o caminho por lá não foi muito fácil devido às ladeiras, calçadas estreitas e degraus, mas que “não foi nada de outro mundo, só precisou de uma forcinha na cadeira de rodas”, conta a colunista.

O segundo dia foi no Brasil, dia de conhecer o Parque das Aves e Parque Nacional do Iguaçu.

“O parque é muito bem preparado para receber pessoas com deficiência e idosos. Possui rampas, elevadores, ônibus e banheiro adaptado e até uma espécie de bondinho para o Macuco Safári, uma das atrações do parque. A vista é linda, a conexão com a natureza nos renova e mesmo de cadeira de rodas dá para aproveitar bem o passeio.”

Diz Katlyn sobre as Cataratas do Iguaçu.

O terceiro dia foi de passeio na Itaipu Binacional, onde conheceram a barragem e contemplaram a vista do Mirante Central da Itaipu.

Quarto dia foi de visitar os hermanos em Puerto Iguazú, na Argentina. Katlyn comenta que lá é ótimo para comprar doce de leite, vinhos argentinos, azeites e alfajores. Também aproveitaram para conhecer o Marco das Três Fronteiras.

O que não poderia ficar de fora do roteiro, as Cataratas do Iguazú do lado argentino!

“Para os cadeirantes, o parque disponibiliza uma cadeira de rodas mais reforçada, mas eu preferi usar a minha mesmo. O chão é de pedrinhas e em alguns lugares tem uma plataforma de ferro, mas não tive nenhum problema. Das cinco rotas disponíveis, fizemos as duas que são acessíveis.”

Katlyn deixa uma última mensagem na matéria, “a minha viagem terminou, mas fiquei com gostinho de quero mais. Como faço os passeios mais devagar, sem tanta correria, faltaram algumas atrações na cidade, como o Museu de Cera, o Vale dos Dinossauros, Coleção Maravilhas do Mundo e Dreams Ice Bar, Cassino Iguazú, Passeio de helicóptero nas Cataratas, Mesquita Muçulmana e o Templo Budista. Não vejo a hora de fazer um tour completo por Foz do Iguaçu!”.

Para ler a experiência completa, clique aqui.

Comentários

Deixe a sua opinião