Se perguntassem para o Tommy Dalmazo dez anos atrás com o que ele iria querer trabalhar ele diria com vidros e se perguntarem daqui a dez anos é provável que ele responda a mesma coisa. Isso porque ele cresceu vendo os pais, Ronaldo e Jurema, trabalharem no ramo, com a Vidraçaria Assis, e desde cedo os ajudava na instalação dos vidros, permanecendo assim por muitos anos.

No entanto, chegou um momento em que ele decidiu seguir sozinho e em junho de 2014 abriu seu próprio negócio, a CasaVitrô.

“Eu queria trabalhar de forma diferente, queria mais modernidade, mais tecnologia. Então eu saí da empresa do meu pai e arrisquei empreender. Tive toda a ajuda e apoio dele e criei a CasaVitrô, que atua no mercado de Foz do Iguaçu e região, incluindo Paraguai e Argentina, oferecendo produtos e serviços de qualidade no ramo de vidraçaria. Prezamos pelo respeito e comprometimento com o cliente, tanto na pré, quanto na pós-venda, gerando um relacionamento duradouro com nossos clientes”, destaca Tommy.

Tommy Dalmazo - proprietário da CasaVitrô
Tommy Dalmazo.

A empresa conta com uma equipe própria, capacitada e treinada para oferecer o melhor produto e instalação com o principal objetivo de proporcionar satisfação total e garantia de qualidade aos clientes, além de agilidade na entrega e várias formas de negociação.

A CasaVitrô é representante da franquia Blindex®, líder mundial em vidros temperados, com um alto e rígido controle de qualidade, e, em parceria com a empresa, proporciona produtos com segurança, como vários sistemas de portas deslizantes, janelas com aberturas independentes, fechamentos de sacadas, coberturas, esquadrias e muito mais, tudo respaldado pelas normas da ABNT resultando assim em melhor qualidade e segurança para o cliente.

“Eu sempre estou investindo para oferecer a melhor solução com o melhor custo benefício para meus clientes. Atendemos desde pequenas a grandes obras, disponibilizando eficiência e segurança na instalação residencial, comercial e industrial, além do suporte de pós-venda”, destaca o empresário.

Equipe da CasaVitrô
Equipe da CasaVitrô.

Adega subterrânea

A CasaVitrô atua diretamente com o sonho das pessoas de ter um espaço aconchegante e sofisticado. Um dos grandes desafios do Tommy e sua equipe foi colocar em prática o sonho do seu Ademar Barbosa Soares, engenheiro mecânicista aposentado que sempre foi um apaixonado por vinhos.

Adega com vidro da CasaVitrô
Um verdadeiro luxo.

“Eu moro nesse lugar há 39 anos e quando decidi construir uma casa nova surgiu a ideia de fazer uma adega. Pesquisei algumas referências e encontrei um projeto de adega subterrânea, com fechamento em vidro. No entanto, nas buscas que fiz por empresas do país, nenhuma trabalhava com o que eu gostaria. Então conhecendo o trabalho da CasaVitrô lancei para eles o desafio de criar uma estrutura em vidro para cobrir a adega e deixar minha sala de estar elegante”, explica Ademar.

Tommy conta que nunca havia feito nada parecido, mas aceitou o desafio e deu o melhor de si para realizar o projeto com excelência. Ele e sua equipe criaram um protótipo da tampa de vidro, estudou as medidas e junto com um torneiro mecânico montou a estrutura de ferro e o sistema de automação. O vidro da Blindex veio sob medida e foi instalado cuidadosamente na sala de Ademar. “Esse vidro é muito resistente, dá para pisar nele tranquilamente, pois é um vidro temperado laminado de 16 mm. Foi um grande desafio, mas hoje vendo o resultado é algo que nos dá muito orgulho”.

Agora, seu Ademar pode apreciar seus mais de 500 rótulos de vinho no aconchego da sua sala de estar que, com um simples toque, o leva para a parte subterrânea em uma experiência única na região. “Estou muito contente com o trabalho da CasaVitrô que superou minhas expectativas e realizou meu sonho”, finaliza.

Ademar com sua adega de vinhos
Ademar em sua impressionante adega.

Av. João Paulo II, 1.127 – Jd. Panorama

(45) 3029-5400

(45) 99805-5400



Formada em Jornalismo na UDC e pós-graduada em Relações Internacionais Contemporâneas na Unila, atualmente é jornalista da 100fronteiras e recentemente conquistou pela 100fronteiras o primeiro lugar no 1º Prêmio Faciap de Jornalismo.

Comentários

Deixe a sua opinião