O Lions Clube Internacional foi  fundado em 1917 por Melvin Jones, na cidade de Chicago, USA, e teve por objetivo atender e apoiar os esforços das pessoas, levando esperança, solidariedade e impactando vidas por meio de projetos humanitários nas suas comunidades. Em 1968  foi criada a nossa LCIF (Fundação de Lions Clubs Internacional) com a missão de levar ao mundo a  possibilidade de parcerias com grandes empresas e instituições para auxiliar nas causas sociais  como Proteção ao meio Ambiente, Exames de Visão, Diabetes, Câncer Infantil, Combate à Fome e auxiliando em demais projetos diretamente ligados ao bem estar das pessoas. No entanto, a Fundação por si só não conseguiria alcançar esse objetivo e, para isso, ela conta com pessoas abnegadas que ajudam por meios de doações a pôr em prática ações tão nobres como ajudar as pessoas menos assistidas.

Carlos Silva e esposa - Lions Clube

Uma dessas pessoas é Carlos Antonio da  Silva. Ele possui uma história de mais de 40 anos de voluntariado, é casado com Rosane Rafagnin da Silva, possui três filhos e uma neta. Empresário do setor hoteleiro, ele é natural de Concórdia (SC) e veio para Foz do Iguaçu em 1980, adotando a cidade de Foz do Iguaçu como sua. Aqui participou ativamente de entidades ligadas ao turismo exercendo cargos de presidente, secretário, tesoureiro e conselheiro, sempre doando seu tempo e conhecimento, auxiliando o desenvolvimento da cidade e região.

Além dessa participação ativa ligada ao turismo de Foz do Iguaçu, Carlos participa há 31 anos do Lions Clube Cataratas, que tem a missão de atuar junto à comunidade com causas sociais.

“O Lions Clube Cataratas foi fundado em 1956 e tem como objetivo fortalecer a união entre os associados e atuar em causas globais, onde nos reunimos uma vez por mês para reunião de trabalho e prestação de contas. Também nos reunimos para um evento mais social, onde estreitamos nossos laços de amizade e companheirismo”, explica.

Lions – uma teia de pessoas unidas pelo bem

Carlos explica que existem divisões dentro do Lions Clube, que é representada a nível mundial pelo Lions Internacional. Já os países são representados por áreas e por Distritos Múltiplos, sendo o Distrito Múltiplo LD o que engloba a região Sul do Brasil, compreendendo os estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Dentro dele há nove Distritos com mais de 15 mil associados distribuídos em 505 Clubes de Lions. Os Lions Clubes de Foz pertencem ao Distrito LD1, que conta com 53 clubes e mais de 1500 mil associados.

Lions Clube
Ações sociais do Lions Clube.

“Aqui em Foz do Iguaçu temos dois clubes, o Lions Clube Cataratas, do qual faço parte, e o Lions Clube Foz Itaipu. Temos muitas pessoas do bem, dispostas a fazer do nosso lema de Lions Internacional uma ação contínua junto à comunidade. A nossa sede fica ao final da avenida Brasil”, explica Carlos.

Carlos Silva – Governador do Distrito LD1

Por conta de toda a sua história de mais de 30 anos atuando juntamente com o Lions Clube Cataratas, Carlos ocupou alguns cargos importantes sendo presidente do Clube duas vezes, tesoureiro e outros cargos junto a diretoria. Já a nível de governadoria do Distrito LD-1 foi por diversas vezes assistente distrital e presidente de divisão. Há três anos foi eleito como segundo vice-governador, depois primeiro vice-governador e agora assumiu o cargo de governador do Distrito LD1.Sabemos que podemos contar com todos os associados dos nossos clubes e Distrito para desenvolver ainda mais o trabalho voluntário que é tão gratificante.

“A cerimônia de posse aconteceu no final de junho deste ano, de forma virtual, diretamente de Chicago (EUA). E agora como governador distrital, tenho a responsabilidade e o compromisso de visitar os demais clubes do Distrito LD1, manter a harmonia e ser um motivador das ações que já são realizadas e aquelas que virão a acontecer”.

Lions Clube

Carlos Silva conta que pela primeira vez um governador de Distrito e um presidente de conselho dos governadores são da mesma cidade e do mesmo Lions Clube, Isso porque ele assumiu como Governador do Distrito LD-1 e Idercildo José Thomé e CaL Cleonice também de Foz do Iguaçu, assumiu como Presidente do Conselho de Governadores do Distrito Múltiplo LD, é Foz do Iguaçu em destaque no LIONS Internacional. 

Silva destaca ainda que ao assumir esse cargo precisou elencar um lema para a sua gestão, “O Lions faz a diferença na questão social no mundo todo. É uma instituição muito respeitada e reconhecida, então tenho orgulho em fazer parte. O lema como governador do Distrito LD-1 para o ano Leonístico de 2021-2022 é ‘União e Força para Servir’. União porque mais do que nunca precisamos estar unidos agora para o novo momento. Força então nem se fala, temos que resgatar a força interior e motivar o outro a resgatar essa mesma força para seguir em frente nos objetivos de Lions. Precisamos ter firmeza e pessoas nos apoiando. Servir é a essência do Lions”.

Olhar humano

A missão do Lions Internacional sempre foi e continua sendo o de apoiar os esforços dos Lions Clubes e parceiros para atender às comunidades locais e de todo o mundo, levando esperança e impactando vidas por meio de subsídios e projetos e serviços humanitários.

Hoje o Lions Internacional atende aos seguintes pilares: Visão, Jovens, Socorro às Vítimas de Catástrofes, Causas Humanitárias, Diabetes, Câncer Infantil, Meio Ambiente e Fome. No entanto, cada Clube pode desenvolver ações em outras áreas, conforme a realidade e necessidade local, sendo uma ponte entre as entidades e as pessoas que querem ajudar.

“Em Foz do Iguaçu, temos um trabalho ativo onde atuamos junto a outras instituições da cidade como exemplo retirando o lixo eletrônico do meio ambiente dando a este a destinação correta, também utilizando peças descartadas para arrumar computadores que depois são doados às instituições e escolas identificadas para auxiliar na educação, também realizamos em parceria ações para doação de cestas básicas e recolhimento e doação de agasalhos feira da saúde. De modo geral temos um olhar atento às comunidades de Foz do Iguaçu para ajudar aqueles que necessitam, sempre mantendo a nossa responsabilidade como leões que é a de ajudar o próximo”, destaca Carlos Silva.

Formada em Jornalismo na UDC e pós-graduada em Relações Internacionais Contemporâneas na Unila, atualmente é jornalista da 100fronteiras e recentemente conquistou pela 100fronteiras o primeiro lugar no 1º Prêmio Faciap de Jornalismo.

Comentários

Deixe a sua opinião