Um sonho que parecia distante está se tornando realidade para Maria Eduarda Motta, uma atleta iguaçuense que fez do vôlei uma paixão, e agora, se prepara para o início de um dos maiores desafios de sua vida.

Em agosto, Maria embarca para os Estados Unidos, em busca de experiência e é claro, muitos campeonatos de vôlei, o esporte que abriu as portas para coisas novas em sua vida.

Desde criança, o vôlei já estava presente. Com a influência de seu pai, Maria começou a jogar com nove anos, a princípio apenas de “brincadeira”, mas com o passar do tempo, o esporte tornou-se parte de sua vida.

“Quando fico sem jogar parece que falta algo no meu dia, é realmente uma paixão.”

Diz Maria.

Ela já passou por vários times, entre eles o do Foz do Iguaçu. Além disso, disputou vários campeonatos:

  • 1º Lugar, 4° Copa Lindeiros de Voleibol Feminino 2018
  • 1º Lugar, Jogos da Juventude do Estado do Paraná 2018
  • 2º Lugar, Juegos Escolares Estudantiles Nacionales Jeen 2016
  • 3º Lugar, Campeonato Paranaense Feminino SUB-16 Série A 2017 
  • 3º Lugar, Campeonato Paranaense Feminino SUB-16 Série A – 2º Etapa 2017
  • 3º Lugar, 10º Festival Internacional Cidade de Estrela/RS Infantil Série Ouro
Maria Eduarda Motta
Maria Eduarda Motta em quadra.

A ideia em ir jogar fora do país surgiu a partir do momento em que percebeu que não iria conseguir conciliar a faculdade com o vôlei, e então começou a pesquisar possibilidades.

A atleta iguaçuense vai começar a cursar Administração de Negócios na Wayland Baptist University, uma universidade que fica em Plainview, cidade do Texas, Estados Unidos. Em paralelo, vai jogar para o time da universidade.

“É um misto de sentimentos, estou ansiosa para ir, quero muito jogar e estudar. Mas também deixar a família e mudar completamente de cultura não é algo fácil.”

Maria conta a importância que Foz do Iguaçu teve em sua formação, sua cidade natal que a preparou para o mundo. Ela acredita que será mais fácil a adaptação fora do Brasil por conta da semelhança no tamanho de Foz do Iguaçu e Plainview.

“Maria é do Brasil, e o treinamento que eles recebem é tão bom quanto em qualquer lugar do mundo. Espero uma ótima defesa e saque e ataques inteligentes”.

disse o técnico da universidade, Jim Giacomazzi .

É motivo de orgulho saber que Maria representará Foz do Iguaçu em outro país. Muitos desafios estão por vir e Maria está preparada para viver essa experiência.

Sobre a Wayland Baptist University

Fundada em 1908 por um médico pioneiro comprometido com o valor da educação, a Wayland é pioneira em novos padrões de ensino superior e líder entre as faculdades e universidades do país.

Universidade Wayland Baptist  University



Comentários

Deixe a sua opinião