A AEFI – Associação dos Arquitetos, Agrônomos e Engenheiros de Foz do Iguaçu tem uma ampla bagagem na cidade, está em Foz do Iguaçu há 40 anos e é conhecida pela representividade aos profissionais – Arquitetos, Agrônomos e Engenheiros, mas principalmente pelo famoso Baile do Compasso.

Recebemos em nossa redação a vice-presidente da AEFI, Márcia de Lurdes Porto, junto com a Secretária da AEFI Thais Escobar e Maicon Santos, da Comissão de Marketing e Comunicação. Eles contaram um pouco como foi o trabalho da Associação durante a pandemia, quando Márcia atuava como presidente.

Representantes da AEFI
Da esquerda para direita: Márcia, Maicon e Thais.

Ela assumiu a diretoria em 2021, momento complicado devido a pandemia, quando as restrições limitavam a cidade, Márcia comenta que foi um ano difícil para a Associação. Apenas no fim do ano a AEFI conseguiu realizar um Simpósio online, com professores de toda região.

O simpósio abordou temas de arquitetura, engenharia e construção civil. O simpósio é um tipo de mentoria.

O evento que acontecia todos os anos na AEFI (baile do compasso) não foi possível ser feito, o baile é a ação onde acontece a entrega da diretoria da associação.

O baile não aconteceu, mas isso não não influenciou na troca da gestão. Celcio Escobar assumiu a presidencia da Associação no início deste ano. Com a mudança da diretoria e novos integrantes, vários jovens entraram na AEFI.

“Agora estamos com bastante jovens, com fôlego para trabalhar, e com novas ideias, agora temos mais oportunidades, podemos nos reunir e debater sobre os projetos futuros”.

Diz Márcia, vice-presidente da AEFI.
Márcia vice-presidente da AEFI
Márcia, vice-presidente da AEFI.

Nesta Páscoa, a associação fez uma ação solidária. Foram mais de 100 cestas destinadas a algumas instituições de Foz do Iguaçu.

Foram: 20 cestas – casa família Maria Porta do Céu
100 cestas – condomínio Santa Rita
15 cestas – casa de passagem
107 caixas de bombons – casa da luz vovó Maria

Novos projetos da AEFI

“Estou gostando participar da diretoria da AEFI, estou conhecendo as questões profissionais, as criticas e as dores. Estamos trabalhando bastante para ajudar a sociedade.”

Disse a Secretária da AEFI, Thais Escobar.

Um dos novos projetos para a nova gestão é a comissão técnica, na qual oferece uma consultoria gratuita ao profissional, que escolhe o tema e conversa com o consultor sobre suas dúvidas. O consultor será um profissional da diretoria ou até mesmo os associados.

Além de atender os associados, a AEFI também está atendendo os não-associados, com o objetivo de integrar o arquiteto e o engenheiro, para que eles possam se unir e ajudar um ao outro.

Na área de lazer, o objetivo é incrementar uma quadra de vôlei e beach tênis na sede da associação. Lá já tem dois campos de futebol e uma área de lazer, mas por causa da pandemia estavam parados, agora a ideia é retomar e movimentar estes espaços.

A nova diretoria possui um grupo de jovens que estão muito empenhados em colaborar e prestar assistência aos profissionais da região, este é um diferencial em relação a administrações anteriores, pontua o novo presidente Celcio Escobar.

“Nós tínhamos uma enorme dificuldade em fazer acontecer os eventos na AEFI por uma participação menor das diretorias anteriores, mas essa diretoria tem se empenhado bastante para que as coisas acontecam.”

São várias as iniciativas idealizadas pela nova diretoria, entre as já citadas acima, vale destacar um projeto junto com a prefeitura a Casa Fácil e o CREA, que vai propiciar a elaboração de projeto e fiscalização de obras de pequeno porte para a população de baixa renda, isso está sendo encaminhado com a vice-presidente Márcia e com alguns dos diretores.

“Junto ao CREA também existe um convênio com o PTI, para fazer um curso a respeito do sistema BIM, na qual foi criado uma nova lei que determina que os projetos em órgãos públicos terão que ser apresentados dentro deste novo sistema, e o PTI esta se propondo a fazer um curso junto com o CREA e a AEFI para explicar essa nova legislação.”

Finaliza o presidente da AEFI.

Conheça Celcio Escobar, o novo presidente da AEFI

Celcio Escobar não é iguaçuense, mas veio muito cedo para Foz do Iguaçu.

“Meu pai era paraguaio, e comprou uma fábrica de baterias em Assunção, antes disso tinha uma serraria em Campo Mourão, onde eu nasci, mas ele resolveu vender lá e investir na fabrica de bateria para automóveis.”

Celcio acabou ficando na fronteira com sua mãe. Ela era professora e não queria deixar o Brasil.

“Comecei na engenharia muito cedo, meu pai já era dessa área de topografia e eu comecei a trabalhar com ele, desde criança já tinha esse lado da matemática.”

Ele conta que cresceu vendo a construção da Itaipu. Chegou a ir para Curitiba estudar engenharia elétrica com o objetivo de voltar para Foz para trabalhar como engenheiro elétrico na Itaipu. Mas acabou mudando de ideia…

“Em Curitiba optei por mudar para engenharia civil onde tinha mais aptidão, achava que o pessoal de engenharia elétrica ficava muito no escritório e eu queria algo mais ativo, trabalhar a campo e então acabei fazendo engenharia civil. Voltei para Foz do Iguaçu em 88 e estou até hoje nesta área.”

Celsio Escobar presidente da AEFI
Celcio Escobar, presidente da AEFI.

Escobar sempre teve uma ligação com a AEFI, participava de eventos e se filiou muitos anos atrás, mas começou a atuar com o setor de cursos um pouco antes da pandemia.

“Fui diretor de curso durante dois anos, mas em 2020-21 não conseguimos fazer os cursos por causa da pandemia. Então montamos um simpósio online no final do ano, no qual trabalhamos mais de dois meses. O evento foi bem avaliado pelos colegas e em função deste envolvimento apareceu a oportunidade de dar continuidade e fazer um novo evento neste ano. Reunimos a equipe que estava organizando o evento e tivemos novas ideias para a dministração da AEFI. Acabou aparecendo a oportunidade, e então assumimos a diretoria.”

Celcio é professor da UDC desde 2003, ele tem bastante engajamento na Tríplice Fronteira e faz projetos não apenas em Foz do Iguaçu mas em toda região, além disso, possui uma empresa no Paraguai. Escobar é referência em projeto estrutural.

MEMBROS DA DIRETORIA – GESTÃO 2022

Presidente: Celcio Escobar
Profissão: Engenheiro Civil

Vice-Presidente: Marcia de Lurdes Porto
Profissão: Arquiteta e Urbanista

Tesoureiro: Ruberlei Santiago
Profissão: Engenheiro Civil

Secretário: Thais Escobar
Profissão: Engenheira Civil e Advogada

Comissão de apoio a diretoria – Gestão 2022

Comissão de Assuntos Culturais: Karina Fritsch Freitas
Profissão: Engenheira Civil
Comissão de Eventos Sociais: Dulci Fritzen Oliveira
Profissão: Arquiteta e Urbanista

Comissão de Associados: Anna Matté
Profissão: Arquiteta e Urbanista

Comissão de Marketing e Comunicação: Maicon Wilson Alencar dos Santos
Profissão: Arquiteto e Urbanista
Comissão de Meio Ambiente: Ricardo de Freitas Garcia
Profissão: Engenheiro Ambiental
Comissão de Esportes: Newton Rogério Rutz da Silva
Profissão: Engenheiro Civil

Comissão de Patrimônio: Andre Vinicius França Buiar
Profissão: Engenheiro Civil
Comissão de Planejamento e Projetos: Reginaldo dos Santos Freitas
Profissão: Arquiteto e Urbanista
Comissão de Palestras e Cursos:
Alexandre Martins Balthazar- Profissão: Arquiteto e Urbanista – Titular
Bruno Venson de Souza – Profissão: Engenheiro Civil — suplente
Cesar Winter de Mello Profissão: Engenheiro Civil – suplente

Comentários

Deixe a sua opinião