Uma possível parceria voltada à renovação da Aduana da Ponte da Amizade, na divisa com o Paraguai foi debatida nessa semana em Foz do Iguaçu. O encontro contou com a participação do prefeito Chico Brasileiro e, superintendente adjunto da 9ª Região Fiscal Fabiano Blonski. A proposta  é potencializar o atendimento aos visitantes, fortalecendo o Destino Iguaçu como polo turístico.

“Estamos comprometidos em mobilizar equipes e buscar colaborações para esse projeto, que traz uma excelente oportunidade de impulsionar o turismo local”, declarou Brasileiro, enfatizando o consequente desenvolvimento, criação de empregos e geração de renda para a comunidade.

Como parte das negociações, formou-se uma comissão mista. Um novo encontro já está programado para a próxima semana. Entre os pontos debatidos, destacou-se a destinação de mercadorias confiscadas.

reunião prefeitura e receita federal na aduana da ponte
Foto: AMN

Também estavam presentes o delegado da Alfândega de Foz do Iguaçu; o auditor-fiscal Paulo Bini, o delegado adjunto da Alfândega de Foz do Iguaçu, o auditor-fiscal Hipólito Caplan; o auditor-fiscal Marcelo Mossi; o assessor de gabinete, Neri Parcianello; o auditor-fiscal Osvaldo Toshio Yamashita; o procurador geral do Município, Osli Machado; o secretário de Governança e Transparência, Nilton Bobato; o secretário de Planejamento, Andrey Bachixta; e o secretário de Esporte e Lazer, Antonio Sapia.  

(Com informações da AMN)