Foz do Iguaçu terá quartos de hotel funcionando como leitos durante a pandemia do novo coronavírus (COVID-19). A informação foi anunciada pelo vice-prefeito e secretário de Saúde, Nilton Bobato. A medida foi adotada em razão do avanço dos casos confirmados na cidade. A Fundação Municipal de Saúde, gestora do Hospital Municipal Padre Germano Lauck (HMPGL), já abriu o credenciamento para contratação de até 1.500 leitos na rede hoteleira. Os apartamentos individuais serão utilizados para internamento de pacientes com casos leves detectados positivos. Eles permanecerão hospedados pelo período de 14 dias. Os leitos terão o caráter de suporte básico à assistência hospitalar do HMPGL. Os meios de hospedagem credenciados deverão fornecer quatro refeições diárias.
“A medida faz parte da nova etapa da estratégia de combate ao avanço da doença na cidade. O objetivo é reduzir a circulação de pacientes infectados com o vírus pela cidade. Isolando rapidamente as pessoas sintomáticas reduzimos a disseminação do COVID-19 no município e evitamos o contágio dos casos assintomáticos”, explicou Bobato.
O montante previsto para a contratação é de R$ 10 milhões. A Itaipu Binacional, por meio da Fundação Itaguapy, que administra o Hospital Costa Cavalcanti, irá repassar recursos para o custeio do credenciamento dos leitos. O compromisso foi firmado no dia 15 de abril. A divisão dos valores ainda não está definida.
  • Edital
O edital segue os critérios do Ministério do Turismo para prestação de serviços de hospedagem e fornecimento de alimentação. Os interessados poderão apresentar a documentação necessária a partir de hoje (17) em horário comercial. O edital completo pode ser solicitado pelo e-mail licitaçãofmsfi@gmail.com Mais informações pelo telefone: (45) 3521-1776.

Deixe um comentário

Deixe a sua opinião