Search

Exposição “A Cor da Cidade” segue aberta para visitação até o final de setembro

Obras do advogado Luis Fernando Martins da Silva, com temática da cultura negra, estão em exposição no Espaço Cultura do Edifício Maringá

A exposição “A Cor da Cidade”, com obras do advogado Luis Fernando Martins da Silva, segue aberta para visitação até o final deste mês, de segunda a sexta-feira, das 9 às 18h30, no Espaço Cultura da Caixa de Assistência dos Advogados do Paraná, localizado no Edifício Maringá, no centro de Curitiba.

A mostra é composta por 10 quadros no tamanho 60x40cm, com imagens de temática da cultura negra. Os quadros são confeccionados com colagem de recortes. “As imagens são recortadas manualmente no E.V.A. e coladas sobre o vidro, resultando em alto contrate. Comecei como hobby a trabalhar com colagens de papel, experimentei o E.V.A. e fui aperfeiçoando até chegar a um bom resultado”, explica o advogado que desenvolveu a técnica.

Nesta semana, integrantes da Comissão de Igualdade Racial da OAB Paraná e a colaborado da CAA/PR, Maria Izabel Mayer, visitaram a exposição. “Vale a pena conferir. A exposição está maravilhosa, com belíssimas obras”, comentou a presidente da Comissão, Silvana Cristina de Oliveira Niemczewski.

Para saber mais sobre o trabalho do advogado acesse http://www.cwblack.com.br/.

Serviço:
Exposição “A Cor da Cidade”
Aberta de segunda a sexta-feira, das 9 às 18h30
Espaço Cultura do Edifício Maringá
Rua Cândido Lopes, 146 – Centro

Participe da comunidade 100fronteiras

Apoiando o jornalismo local, você valoriza a sua cidade, seu estado e seu país. Nossa equipe está diariamente trazendo notícias da Tríplice Fronteira, apresentando novos lugares, com isso você receberá conteúdos exclusivos e brindes.

Entre em nosso grupo do Whatsapp. Apoie o jornalismo local!

Nos encontramos lá, até mais!

Parceiros Comerciais


Newsletter

Ama a tríplice fronteira tanto quanto nós? Assine a newsletter 100fronteiras e receba conteúdo exclusivo. Seu apoio aprimora nosso trabalho para que possamos ajudar a aprofundar sua conexão com Ciudad del Este, Foz do Iguaçu e Puerto Iguazú enquanto investimos no futuro do jornalismo local.



Deixe um comentário e participe da Comunidade 100fronteiras