Foz do Iguaçu recebe dois eventos presenciais simultâneos da área médica, o 33º Congresso Brasileiro de Patologia e 26º Congresso Brasileiro de Citopatologia entre os dias 03 e 06 de agosto de 2022, no Bourbon Resort Cataratas do Iguaçu.

Com o tema ‘A Era da Multidisciplinaridade’ são aguardados 168 palestrantes, entre convidados internacionais e alguns dos mais destacados médicos patologistas e de outras especialidades no Brasil, durante os quatro dias. Além disso, também haverá a presença de 20 expositores. Ambos os eventos são organizados pela Sociedade Brasileira de Patologia (SBP).

O diretor do Instituto Butantan em São Paulo, o médico Dimas Covas, falará no dia 04/08 no fim de tarde. Já George Netto, diretor do departamento e professor de Patologia da Universidade do Alabama em Birmingham (EUA) e editor-chefe da Modern Pathology, vai abordar a atualização da classificação de tumores urológicos da Organização Mundial da Saúde (OMS) no dia 05/08. 

Congresso de Patologia em Foz
Dimas Covas – Diretor do Instituto Butantan é um dos palestrantes do Congresso Patologia e Citopatologia.

O grande número de palestrantes internacionais – são 47 – e de participantes faz do evento de 2022 o maior Congresso de Patologia da América do Sul. Há convidados dos países vizinhos e também de países mais distantes como Estados Unidos, Alemanha, França, Espanha, Itália, Portugal, México e Reino Unido, entre outros.  

A programação simultânea de palestras ocupará oito salas no Bourbon Resort Cataratas do Iguaçu (PR), com abordagem de diversas subespecialidades da Patologia: Cirúrgica, Molecular, Dermatopatologia, Ginecopatologia, Mamária, Hematopatologia, Hepática, Neuropatologia, Endócrina, Gastrointestinal, Infecciosa, Pulmonar/Tórax/Mediastino, Placentária/Perinatal, Pediátrica, Nefropatologia, Óssea/Partes Moles, Uropatologia, etc

As sessões incluirão, entre outros, o panorama das doenças respiratórias (re)emergentes: Covid-19, influenza e sarampo; as mídias sociais para educação em Patologia; gestão profissional; Patologia Digital e Inteligência Artificial; apresentação das atividades do Fórum de Ensino de Patologia da SBP; qualidade na gestão e como preparar o laboratório para acreditação; ensino na residência médica; encontro das Ligas Acadêmicas; Seminário de Lâminas Digital; Gincana Geral. 

Já na grade de palestras da Citopatologia, constam temas como: Citopatologia na era da Medicina de Precisão, Punção Aspirativa de Pâncreas, Citopatologia Ginecológica, Pulmonar, Urinária, de Tireoide e Digital. Políticas públicas na prevenção e rastreamento do câncer do colo uterino também serão discutidas.  

Tecnologia, combate ao câncer, pandemia e mídias sociais

Em todas as subespecialidades da patologia, nomes conhecidos por sua expertise vão trazer os avanços alcançados pela medicina nos últimos anos, e não poderiam estar de fora áreas que vêm crescendo recentemente como a de patologia molecular, principalmente no que diz respeito aos métodos para detecção de alterações moleculares, predição de resposta a drogas-alvo e imunoterapia, bem como seu uso na luta contra o câncer (03/08). 

Na variada programação do evento, a pandemia mundial do novo Coronavírus também aparece. O médico Sixto Leal, que atua no Comitê de Recursos de Microbiologia do College of American Pathologists (CAP), fará palestra sobre “A reinvenção do laboratório de Patologia Molecular na era da COVID-19”. Já o médico patologista Fábio Távora, do Hospital do Coração e Pulmão de Messejana, Fortaleza (CE), falará sobre “Uma experiência brasileira na reinvenção do laboratório de Patologia na era da COVID-19”.

Entre os palestrantes internacionais, o hematopatologista Kamran Mirza, professor e vice-diretor de Ensino da Loyola University Chicago Stritch School of Medicine em Maywood, Illinois (EUA), participará da sessão sobre Mídias Sociais, pois tem se destacado na utilização de novas ferramentas pedagógicas no ensino da Patologia, incluindo o uso do #PathTwitter.

Uma das várias áreas em que a tecnologia está presente é quando o assunto é Patologia Digital e Inteligência Artifical. O presidente da Sociedade Brasileira de Citopatologia, Mauro Ajaj Saieg, falará sobre a “Inteligência Artificial e o patologista: o básico que precisamos saber”, no dia 06/08, pela manhã. Ele é também professor da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo e Editor Associado da Revista Cytopathology.

Encontros, reencontros, atualizações, troca de ideias e uma verdadeira imersão no universo desse profissional médico, cuja a especialidade é a Patologia e que tem muito a comemorar em 05 de agosto, o Dia do Médico Patologista.



Comentários

Deixe a sua opinião