A Feira Internacional de Turismo do Paraguai (FITPAR) começou oficialmente na sexta-feira (11/11), em Assunção. No primeiro dia de programação, a Embratur prestigiou a cerimônia de abertura do evento e deu início ao trabalho de consolidar o Brasil como principal destino internacional do público paraguaio.

A comitiva da Agência, liderada pelo assessor da presidência, Rafael Luisi, esteve com a ministra do Turismo do Paraguai, Sofía Montiel de Afara, durante a cerimônia. Além disso, o embaixador brasileiro no país, Antonio Marcondes, também esteve no local e visitou o estande da Embratur.

Luisi e Marcondes participaram de entrevista para a rádio paraguaia Ñanduti, falaram sobre conectividade aérea entre os dois países e a facilidade de entrada para os turistas, ponto importante para incentivar o aumento de fluxo de viajantes. Segundo o embaixador, a relação bilateral entre Brasil e Paraguai é “de grande importância para o crescimento do setor.”

No primeiro dia de feira, a Embratur ainda conversou ao vivo com o canal 5 Días e falou sobre a participação do país no evento, além dos laços entre os dois países graças ao turismo.

“O mundo voltou a se abrir e o Brasil também está de portas abertas. Viemos para consolidar o que o Brasil tem de melhor para oferecer ao povo paraguaio: o turismo de sol e praia. Principalmente agora no verão”, destacou Luisi, em conversa com o repórter Samuel Acosta. Além de conversar com o 5 Días, a comitiva da Agência também deu entrevistas para o Diário Última Hora, para a Revista Viajeros e para o La Nación e Revista Vos de La Nación.

“O Paraguai foi o quarto principal emissor de turistas estrangeiros para o Brasil em 2020, com mais de 122 mil paraguaios entrando no país. O objetivo agora é diversificar a oferta de destinos e mostrar que o território brasileiro tem uma infinidade de opções nos mais diversos segmentos para oferecer ao público do país vizinho”, destacou o presidente da Embratur, Silvio Nascimento.

Até outubro deste ano, Brasil e Paraguai contavam com 12 voos semanais entre Assunção e São Paulo. O número representa uma retomada quase completa em relação ao cenário pré-pandemia, quando a rota era operada 15 vezes por semana.

A FITPAR termina neste sábado (12/11), quando será realizado o 5º Fórum do Mercosul, sob o mote “Agenda 2030: Turismo Sustentável”. O estande da Embratur também terá programações culturais e gastronômicas, além de atendimentos com os 14 coexpositores que participam do evento em parceria com a Agência.

Comentários

Deixe a sua opinião