Foz do Iguaçu se prepara para receber grandes eventos, que são catalisadores do turismo e da economia da cidade, a partir do mês de agosto.

A retomada dos encontros sociais, corporativos, esportivos e culturais será gradual, seguindo o cronograma da vacinação contra a covid-19 e conforme a situação epidemiológica do Município em relação à doença.

Nesta sexta-feira (09) será publicado decreto no Diário Oficial do Município com o calendário de retomada dos eventos. A partir de agosto, a cidade poderá receber eventos corporativos com até 500 pessoas e, em novembro, com a expectativa de que 70% da população já esteja imunizada contra o coronavírus, com as duas doses da vacina, deverão ser liberados todos os encontros, independentemente do número de de participantes, desde que respeitado 70% da capacidade máxima dos espaços.

Apoio da comunidade e avanço na vacinação

O avanço da vacinação é um dos principais fatores considerados para a decisão da prefeitura em relação à retomada dos eventos. Além do apoio da população no cumprimento às medidas restritivas decretadas pela prefeitura para reduzir a transmissão do coronavírus, que foi fundamental para a redução do número de casos de covid-19.

A média móvel de casos da doença nesta quinta-feira (08) era de 57,86 – uma redução de 58% em relação há duas semanas.

Também houve redução de mortes em decorrência da covid-19. A média móvel de óbitos registrada na quinta-feira foi de 1,29 – representando uma redução de 70% em relação há duas semanas.

A ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) covid do Hospital Municipal Padre Germano Lauck ainda é alta – de 94% -, por isso a prefeitura faz o alerta para que a população mantenha todos os cuidados necessários para a prevenção da covid-19: uso de máscaras, distanciamento social e higienização frequente das mãos.

Calendário da retomada dos eventos

Eventos sociais

  • A partir de 16 de julho de 2021 até 31 de julho de 2021, se o cenário epidemiológico permitir, até 100 (cem) convidados, ficando proibida a realização de bailes e/ou pista de dança.
  • A partir de 01 de agosto de 2021, se o cenário epidemiológico permitir, até 200 (duzentos) convidados, ficando proibida a realização de bailes e/ou pista de dança.
  • A partir de 01 de setembro de 2021, se o cenário epidemiológico permitir, até 300 (trezentos) convidados, ficando proibida a realização de bailes e/ou pista de dança.
  • A partir de 01 de outubro de 2021 até 31 de outubro de 2021, se o cenário epidemiológico permitir, até 400 (quatrocentos) convidados, ficando proibida a realização de bailes e/ou pista de dança.

Eventos corporativos

  • A partir de 01 de agosto de 2021, se o cenário epidemiológico permitir, até 500 (quinhentos) convidados.
  • A partir de 01 de setembro de 2021, se o cenário epidemiológico permitir, até 800 (oitocentos) convidados.
  • A partir de 01 de outubro de 2021, se o cenário epidemiológico permitir, até 1.000 (um mil) convidados.
  • A partir de 01 de novembro de 2021, se a cobertura vacinal do município estiver acima de 70% e, se o cenário epidemiológico permitir, ficam liberados os eventos corporativos, independente do número de convidados, desde que respeitada a capacidade máxima de 70% dos espaços.

Protocolos da retomada de eventos em Foz

O secretário municipal de Turismo e Projetos Estratégicos, Paulo Angeli, ressaltou que todos os eventos deverão seguir os protocolos sanitários para evitar a transmissão do coronavírus.

“A responsabilidade sobre o cumprimento dos protocolos tem que ser muito clara quando for solicitada a autorização e o alvará para o evento. O organizador será responsabilizado se os protocolos sanitários não forem cumpridos”, ressaltou.

“Esse é um momento muito importante para essa retomada, porque permite ao setor fazer o planejamento dos eventos. Somos muito otimistas que o cenário da vacinação pode ser ainda melhor e que as datas poderão ser alteradas favoravelmente”, complementou Angeli.

Comentários

Deixe a sua opinião