Ex-atleta do clube e supervisor de futebol (2021/2022) em sua primeira passagem como técnico Negreiros comandou o elenco que garantiu as vagas para a Copa do Brasil e Brasileiro Série D.

A diretoria do Foz do Iguaçu FC confirmou José Edicarlos de Lima Negreiros, o Negreiros, como técnico do Azulão da Fronteira para a temporada 2023.

“Negreiros analisava a possibilidade de ficar apenas como Supervisor de Futebol, mas após algumas reuniões aceitou acumular também a função de técnico. Negreiros já mostrou sua competência nesta posição em 2018”.

Explica Arif Ahmad Osman, presidente do Foz do Iguaçu FC.

Negreiros, que atuou como atleta do clube nas temporadas 2013, 2014 e 2015, vinha atuando como supervisor de futebol responsável pela montagem do elenco nas últimas temporadas. O agora técnico, teve um papel importante na conquista do título de campeão paranaense da Segunda Divisão de 2022.

“Vamos é claro valorizar nossa base e atletas que atuaram nas duas últimas temporadas, mas estaremos de olho no mercado”, destaca Arif Osman.

Para Negreiros, o retorno como técnico é fruto do trabalho encarado sempre com seriedade por ele.

“Mais uma vez agradeço ao presidente Arif, temos acima de tudo uma relação de amizade, respeito e transparência, discordando quando temos que discordar e de concordância quando tem que concordar. E por isso vem dando certo. Estou feliz por assumir o comando técnico, agradeço aos dois treinadores que passaram por aqui e foram escolhidos por mim. Fizemos valer a pena em 2021 e 2022, vou agarrar essa oportunidade, gosto de me desafiar e com esse tempo que teremos para o trabalho teremos como meta principal manter o clube na primeira divisão e buscarmos além mais. Já, neste mês, vamos buscar nos estruturar primeiro e também observar jogadores com o perfil do clube. Vamos buscar atletas que sejam profissionais, que queiram realmente crescer e encarem com seriedade a oportunidade”.

Afirma no novo técnico do Foz do Iguaçu FC.
Negreiros novo técnico do Foz do Iguaçu FC
Foto: Divulgação.

Negreiros

Negreiros José Edicarlos Lima Negreiros conciliava os trabalhos de carregador de colchões e jogador de futebol em sua cidade natal até os 22 anos de idade, quando profissionalizou-se.

Ele começou no Campinense-PB, em 2002, e se destacou com a camisa do Rio Branco-PR, em 2004. As boas atuações levaram o atacante ao Flamengo no mesmo ano.
Em 2005, ele foi para o Coritiba e depois fez uma “vida cigana” no futebol, com passagens por 17 clubes, jogando na Lituânia, na Bielorrússia e no Paraguai.

Tem em seu currículo a disputa de competições internacionais como a UEFA League e Libertadores da América. Ele chegou ao Foz do Iguaçu em 2013, depois atuou no futebol catarinense e retornou ao Azulão. Parou em 2014, mas voltou aos gramados no ano seguinte por causa da dificuldade do clube em encontrar um atacante. Fez apenas três partidas e pendurou de vez as chuteiras.

Com uma forte identidade com a cidade de Foz do Iguaçu, aceitou o convite de ser o supervisor de futebol do Foz do Iguaçu FC, sendo o responsável direto pela montagem do elenco nas últimas temporadas.

Em 2018, assumiu o comando técnico da equipe e conquistou as vagas para o Campeonato Brasileiro da Série D e Copa do Brasil 2019. Agora em 2022, volta ao comando técnico do Azulão da Fronteira no retorno da equipe à primeira divisão do campeonato paranaense 2023.

“A escolha por Negreiros foi muito fácil e consciente por todo o seu currículo e a identidade que o craque criou com Foz do Iguaçu e a nossa torcida”.

Finaliza Arif Osman, presidente do Foz do Iguaçu FC.



Comentários

Deixe a sua opinião