Foi no dia 10 de abril de 2022 que o Foz do Iguaçu Futebol Clube entrou em campo pela primeira vez para disputar o acesso à primeira divisão do Campeonato Paranaense. Na estreia, o time ganhou fora de casa por 1×0 do Apucarana Sports. A vitória trouxe ânimo para a equipe e também para a torcida. No entanto, os três jogos seguintes – empate para o Toledo em casa e derrota para o Aruko e PSTC fora – fizeram a torcida duvidar da capacidade do time. Mas essa dúvida não pairava sobre os jogadores e comissão técnica, pois o grupo estava focado em uma única coisa: garantir o acesso à primeira divisão.

“O empate e as duas derrotas não nos abalaram, nos mantemos focados. Todos tiveram o mérito na campanha e o essencial para o título foi: o grupo estar unido e focado no mesmo objetivo. A comissão técnica sempre nos deu a oportunidade de falar, os momentos de pressão foram difíceis, mas mantemos a mente tranquila e isso veio muito da confiança na equipe”, descreve o zagueiro Eduardo Henrique Biazus.

Com isso, o Azulão começou a reagir. Na quinta rodada venceu em casa contra o Andraus Brasil, depois empatou com o EC Laranja Mecânica e venceu o Verê. Voltou a empatar com o AA Iguaçu e depois ganhou do Prudentópolis. Isso levou o time para as semifinais da competição. Mais uma vez a equipe precisou manter o foco, pois no primeiro jogo foi derrotado em casa pelo Andraus Brasil por 1×0. O desafio ali era conseguir a vitória fora de casa para avançar para a final e garantir o acesso. E a vitória veio. No jogo de volta o Foz fez 1×0 e levou a partida para os pênaltis, convertendo os cinco gols, enquanto o adversário só acertou três. Estava decretado ali a ascensão do clube que voltava à elite do paranaense depois de três anos.

Foz FC campeão do Paranaense 2022
Elenco da equipe de 2022.

“Depois de um ano espetacular que foi 2019 onde o Foz jogou pela primeira vez três competições – 1º Divisão do Campeonato Paranaense, Copa do Brasil e o Campeonato Brasileiro Série D – a equipe acabou se descuidando e caiu para a segunda divisão no Paranaense. No entanto, durante a pandemia em 2020 o Foz ficou fora da competição, um pedido que fiz junto a CBF. Isso evitou as crises financeiras do grupo. Mas por termos desistido da competição fomos automaticamente rebaixados para a terceira divisão. Então em 2021 subimos para segunda divisão como vice-campeões e neste ano conquistamos o campeonato e retornamos à elite do futebol paranaense”, destaca o presidente do clube, Arif Osman.

Conquista inédita do Foz do Iguaçu FC

Apesar de já ter cumprido o objetivo que era o acesso à primeira divisão, o time do Foz do Iguaçu FC queria mais, queria a conquista inédita do título. Para isso, mais uma vez, a equipe se manteve em foco. O primeiro jogo da decisão foi em casa, no Estádio do ABC, e a torcida compareceu em peso. Foi sofrido mais uma vez. O time do Aruko fez de cara três gols e colocou o Azulão em uma situação difícil. Mas de forma heroica os jogadores buscaram o resultado e conseguiram empatar com o último gol no final da partida, levando a torcida à loucura.

O jogo final do campeonato foi realizado no dia 12 de junho. A missão era ganhar em Maringá ou empatar para levar a disputa para os pênaltis. O único gol da partida veio aos 18 minutos do segundo tempo, um golaço de Copetti, como descreveu o narrador da TV Azulão, Vanderlei Varela. Com isso, precisavam segurar o resultado e aguentar a pressão do time adversário. No apito final, Varela escancarou a emoção compartilhada pelos jogadores e torcedores do time.

“O time do Foz é um herói, vai acabar, vai acabar, acabooooou, acabouuuu, o Foz do Iguaçu Futebol Clube é campeão da divisão de acesso 2022. Suba o hino, faça a festa, torcedor, o Azulão é campeão da divisão de acesso. Faça a festa, torcedor. É na raça, é na garra. Pode comemorar. Uma campanha heroica”, gritava o narrador enquanto os jogadores se abraçavam em campo comemorando o título.

Foz FC campeão do Paranaense 2022
Equipe comemorando o título.

“O gol do título foi indescritível, é algo que quem trabalha nessa área sonha em poder narrar o gol de um título, no caso inédito pra nossa cidade, foi uma emoção muito grande narrar aquela gol, tenho 16 anos de carreira na comunicação e a emoção é sempre diferente, tem momentos que arrepia, que a voz embarca, não sai, mas foi com muita emoção que pude narrar esse gol que deu o título e com certeza esse momento ficará marcado na minha vida e na minha carreira”, relembra o narrador da TV Azulão Varela.

TV Azulão

Durante todo o campeonato os torcedores acompanharam as transmissões ao vivo dos jogos do Foz do Iguaçu FC, feitas via Streaming no Facebook e Youtube pela TV Azulão. As imagens e a narração vieram para abrilhantar muito a equipe do Foz, sempre com grande audiência. O narrador conta que as transmissões chegaram a ter 140 mil pessoas de alcance. “Esse projeto é uma idealização da VA Esportes, uma emissora de streaming em Foz do Iguaçu que faz tudo com muito carinho e isso ajudou muito a equipe pois elevou o patamar dos jogadores e patrocinadores”, explica Varela.

Se essa emoção foi sentida pelo narrador, imagina pelos jogadores e comissão técnica. “É um orgulho muito grande conseguir esse feito, a cidade de Foz está orgulhosa com essa conquista assim como o Paraná, pela volta do Foz para a elite do paranaense. É um fato inédito”, destaca Arif.

O Supervisor de Futebol do Foz do Iguaçu FC, José Edicarlos Lima Negreiros, teve papel fundamental nessa conquista. Ele, que jogou pelo Foz do Iguaçu FC, onde encerrou sua carreira como jogador, trabalha no clube desde 2016 e contribuiu muito para o desempenho da equipe ao longo dos anos. “Eu sou responsável por montar a equipe, sou eu quem escolhe cada um dos jogadores e também fico na beira de campo junto com o treinador, além de aplicar treinos na parte ofensiva, e sabia que na hora certa nosso time iria evoluir e foi emocionante, viver o futebol de perto é tenso, mas principalmente emocionante. Eu era o que mais acreditava na equipe, pois tinha essa visão que o time estava crescendo e na hora certa iria surpreender. Chegamos à conquista do título inédito e a conquista ficará marcada na história do clube e na minha história também. Graças a Deus esse conjunto de atletas junto ao treinador Charles Araújo deixará uma boa impressão”.

Futuro

Com o encerramento do campeonato o Foz do Iguaçu FC ficará alguns meses sem jogos, retornando aos treinos em novembro deste ano. “O próximo passo é fazer o planejamento para que 2023 seja um ano de sucesso. Para o futuro está em projeto a construção de um centro de treinamento, uma academia, a aquisição de um ônibus para viagens e dar mais estrutura para o clube para poder crescer e o futuro do Foz ser brilhante”, releva Arif.

Arif Osman - presidente do Foz FC
Arif Osman – presidente do Foz do Iguaçu FC.



Formada em Jornalismo na UDC e pós-graduada em Relações Internacionais Contemporâneas na Unila, atualmente é jornalista da 100fronteiras e recentemente conquistou pela 100fronteiras o primeiro lugar no 1º Prêmio Faciap de Jornalismo.

Comentários

1 Comentário

Deixe a sua opinião