Vivemos em uma tríplice fronteira com misturas de etnias, culturas, crenças e tradições. Uma tradição que é muito conhecida/praticada nesta época do ano, pelos nossos hermanos paraguaios, é a do Carrulim.

Bom, para começar, o Carrulim é uma bebida feita com base de bebida alcoólica de cana, mais arruda e limão. Tem em seu nome a junção das sílabas de seus ingredientes.

Como toda boa tradição, a bebida foi herdade dos povos indígenas. Conta a lenda que o mês de agosto era um mês de mal agouro, por ser um mês de seca e doenças. Por isso, a bebida foi criada como um símbolo de sorte, boas energias e saúde para o mês que se iniciava.

Carrulim – Foto: Evelin Fretes


Essa é uma das crenças mais enraizada na cultura paraguaia, passada de geração a geração, e que sempre se fortalece. A única informação que não é confirmada são as doses necessárias para essa “passagem”, uns dizem 1 dose, outros, 7 doses, ao longo do dia.

Indiferente da quantidade de doses que você tome, podemos garantir que será uma experiência única nessa imersão cultural.

Ao passar pelo centro de Ciudad del Este – PY, você pode encontrar diversos vendedores de rua oferecendo a bebida a um custo de PYG 5.000 guaranis, em média.
Os mais antigos já produzem essa bebida cerca de um mês antes, para ficar em perfeito estado para o consumo no 01 dia de agosto.

Ficou interessado nessa tradição!? Vamos te ensinar, agora, a preparar essa bebida típica.


Ingredientes

60 ml de caña blanca (cachaça de cana)
2 limões
Algumas folhas de arruda grande

Modo de preparo

Coloque os ingredientes juntos em um frasco de vidro e está pronto.
Rende 60 ml

Nossa Tríplice Fronteira nos traz muitas surpresas, não é mesmo!? É uma sorte vivermos em um local onde aprendemos a vivenciar tantas culturas, que têm suas crenças enraizadas e compartilhadas conosco.

Deixe um comentário

Deixe a sua opinião