O primeiro ciclo de inscrições para o Programa de Inovação em Hidrogênio Verde iH2Brasil, finaliza nesta sexta-feira, 22.

O Programa tem como objetivo fortalecer o ecossistema brasileiro de Pesquisa, Desenvolvimento & Inovação, por meio do apoio a soluções para toda cadeia produtiva de Hidrogênio Verde.

O projeto é uma realização da Aliança Brasil-Alemanha para o Hidrogênio Verde, com execução do Parque Tecnológico Itaipu e CIBiogás. 

Cada ciclo é composto pela fase de: sensibilização de entusiastas à inovação aberta na cadeia do H2V; seleção de projetos; capacitação dos selecionados; aceleração das melhores propostas de inovação.

Assim, devem ser desenvolvidas soluções para a geração, distribuição e aplicação do Hidrogênio Verde no Brasil.

O programa é previsto até o final de 2023. A partir disso, o ecossistema brasileiro de Pesquisa, Desenvolvimento, Inovação e Empreendedorismo passa a contribuir para o desenvolvimento do Hidrogênio Verde no Brasil.   

Para o diretor superintendente do PTI-BR, general Eduardo Garrido, “com essa parceria passamos a fazer parte do corpo técnico de desenvolvimento de novas soluções tecnológicas, produtos, serviços e processos, na área de Hidrogênio Verde”. 

“O CIBiogás busca o desenvolvimento da cadeia produtiva da bioenergia no Brasil. Entendemos que esta chamada é uma oportunidade para que o pPaís construa capacidades de se destacar no mercado de hidrogênio. Nós queremos incentivar a inscrição de empresas, pesquisadores e interessados que possam aproveitar essa chance para desenvolver novas tecnologias”, afirma Rafael González, diretor-presidente do CIBiogás. 

A Aliança Brasil-Alemanha propõe o desenvolvimento de novas soluções com potencial para revolucionar o mercado do hHidrogênio vVerde. A afirmação é do gerente de Inovação e Sustentabilidade da AHK Rio, Ansgar Pinkowski.

“O iH2Brasil traz esta grande oportunidade para pesquisadores, mas também para toda e qualquer pessoa que tenha interesse em ingressar ou se desenvolver neste novo mercado de energia no Brasil.” 

Quem pode participar? 

Por meio de um programa de ideação, o entusiasta irá passar por uma jornada para que ideias possam se tornar negócios, através de uma metodologia dinâmica e muita mão na massa em grupo. Os participantes trabalharão focados em aprofundar seu entendimento sobre os problemas reais, para depois desenvolver soluções inovadoras para estes desafios. 

Startups também podem se inscrever. A categoria Startups tem como objetivo específico alavancar negócios inovadores e promover a inovação aberta por meio do desenvolvimento de projetos-piloto entre startups e empresas já estabelecidas. Com isso, 12 startups serão beneficiadas na primeira edição. 

As inscrições podem ser feitas clicando aqui. Para mais informações, acesse o regulamento de todas as categorias ou envie um e-mail para [email protected]

Programa de Inovação em Hidrogênio Verde 

O programa é uma realização da Aliança Brasil-Alemanha para Hidrogênio Verde, formada pelas Câmaras de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha de São Paulo e do Rio de Janeiro, com apoio da Cooperação Brasil-Alemanha por meio da Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit (GIZ) GmbH e do Ministério de Minas e Energia (MME). 

Comentários

Deixe a sua opinião