A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) aprovou, no início do mês de junho, a implantação de curso de doutorado no Programa de Pós-Graduação em Integração Latino-Americana (PPG-ICAL) da UNILA.

O Programa, que já conta com a modalidade mestrado desde 2014, tem o objetivo de formar profissionais capacitados para a elaboração de políticas públicas nacionais e regionais, por meio da formação teórica, do pensamento crítico e do desenvolvimento de uma perspectiva intelectual latino-americana. A expectativa é que a primeira turma do doutorado do PPG-ICAL seja selecionada no segundo semestre de 2023.

Este é o segundo doutorado da UNILA aprovado pela Capes. A Universidade implantou, em 2019, o Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Energia e Sustentabilidade com cursos de mestrado e de doutorado. Além disso, a instituição conta com 12 programas que ofertam mestrados, em diferentes áreas do conhecimento. Informações sobre as pós-graduações stricto sensu da UNILA podem ser encontradas em https://portal.unila.edu.br/mestrado

A análise realizada pelo Conselho Técnico-Científico da Educação Superior (CTC-ES) da Capes destacou o suporte institucional, estrutural e acadêmico por parte da UNILA para a abertura do doutorado em Integração Latino-Americana. Outro destaque foi o corpo docente do Programa formado por 14 professores, 13 permanentes e um colaborador. Todos os docentes possuem título de doutor e experiência e qualificação nas linhas de pesquisa da pós-graduação.

Para o coordenador do PPG-ICAL, Félix Pablo Friggeri, a aprovação do doutorado permitirá potencializar ainda mais as pesquisas com foco na integração latino-americana. “Estamos em um momento histórico de retomada da integração, tanto na América do Sul como na América Latina e no Caribe e isso se dá principalmente pela política externa do governo atual. Também estamos em um momento importante de crescimento da multipolaridade no mundo, então há diversos fatores em que a integração latino-americana em nível geopolítico é fundamental, inclusive para a política interna dos países e para a potencializar a Região como um ator político, econômico e cultural forte”, salientou.

Diante desse cenário, Friggeri destacou o compromisso da UNILA e do PPG-ICAL na construção do conhecimento de forma comprometida com a realidade latino-americana. “Creio que essa é uma marca do ICAL, o compromisso com as lutas populares e o comprometimento com a construção de um conhecimento propriamente latino-americano. Esse é um trabalho que estamos construindo ao longo de toda a trajetória do Programa e que se fortalece, agora, com a implantação do doutorado”, disse.

O programa
O Programa de Pós-Graduação em Integração Contemporânea da América Latina (PPG-ICAL) começou suas atividades em agosto de 2014 e, em 2023, chegou à sua oitava turma de mestrado. O programa se propõe a abordar a problematização da integração latino-americana de forma interdisciplinar, a partir de distintos enfoques de diferentes áreas de conhecimento. Fazem parte do corpo docente, professores de áreas como Antropologia, Política e Sociologia, Ciências Econômicas, História, Relações Internacionais, entre outros.

O programa tem por foco principal a integração latino-americana e caribenha. Sabendo que essa temática pode ser abordada por meio de diferentes perspectivas, aspectos e áreas do conhecimento, o PPG-ICAL divide-se em quatro linhas de pesquisa: Cultura, colonialidade/decolonialidade e movimentos sociais; Economia política internacional e blocos regionais; Geopolítica, fronteiras e regionalização; e Política, Estado e Institucionalização.

O processo seletivo para alunos regulares é anual e o edital com as normas da seleção é publicado no início do segundo semestre de cada ano, para início das aulas no primeiro semestre do ano subsequente.