Dicas para quem deseja trabalhar em portaria de prédios e condomínios

293

Se tiver interesse em se tornar porteiro, esse texto foi feito para você!

Você é uma pessoa que gosta de se comunicar, e tem interesse em trabalhar na vigilância de um prédio ou condomínio? Então continue lendo o texto, e saiba todas as dicas para adentrar nesse ramo profissional.

Para um condomínio ou prédio, a existência de um porteiro é algo extremamente necessária. Mesmo que atualmente existam muitos equipamentos de segurança nos locais, o porteiro serve como um guardião do espaço, trazendo tranquilidade, segurança e paz aos moradores. Mas o que é necessário fazer para concorrer à vaga numa portaria?

Ser uma pessoa responsável

Responsabilidade é um critério que é exigido em toda função profissional. Mas quando compete ao porteiro, essa questão se torna ainda mais importante, pois o porteiro será o guardião do prédio. Esse traço de comportamento é algo que deve ser notado pelos moradores, pois todos almejam que o porteiro tenha responsabilidade e cumpra corretamente sua função. Ser responsável nesse caso significa cumprir horários, ser uma pessoa muito atenta a quem entra e sai do prédio ou condomínio, e fazer com que os moradores sintam-se seguros em suas residências. Caso você esteja planejando mudar de endereço, a opção de casas decoradas em diversos estilos, como o shabby chic, é muito vantajosa, pois te faz evitar gastos com decorador e, na maioria das vezes os condomínios possuem porteiros.

Tenha boa comunicação

Além de responsável, outra qualidade muitas vezes desejada para ocupar a vaga de porteiro é que a pessoa seja comunicativa, pois o porteiro é a primeira impressão do condomínio ou prédio. O profissional deve ser prestativo, e deve estar sempre disposto a ajudar os moradores, pois muitos irão ver o profissional várias vezes ao dia, então cumprimentar as pessoas em geral é uma das questões que a pessoa que trabalha na portaria enfrenta. O profissional da portaria tem a função de recepcionar, identificar e fiscalizar quem entra e sai do local, por isso é muito importante a questão da boa comunicação e atenção.

Manter a privacidade dos moradores

O porteiro é uma das pessoas que mais tem contato com os moradores do local. Muitas vezes, fica sabendo da vida de todo mundo, logo, é importante que nesses casos o porteiro mantenha uma posição profissional ao saber separar a vida dos outros com a sua.

O porteiro tem a função de zelar, recepcionar e cuidar do espaço, no entanto, a amizade com os demais moradores é positiva, mas deve ser sempre tratada com distância para que não haja problemas com fofocas e perturbações sobre a vida alheia.

Ter um profissional cuidando e recepcionado pessoas na portaria do prédio é algo que passa muita segurança para os moradores. Se estiver pensando em mudar de endereço, conferir dicas de decoração é uma ótima opção.

Quais são as funções que competem ao porteiro?

Além de recepcionar, identificar e fiscalizar a entrada de visitantes no prédio ou condomínio, o porteiro tem muitas outras funções. Por exemplo, receber encomendas dos moradores, no caso de entrega de comida, o porteiro deve interfonar para o morador ir buscar na portaria, evitando a presença de estranhos no local. Se a encomenda vir dos correios, alguém a portaria pode receber e assinar pelo morador, e após entregar ao destinatário.

O porteiro deve estar sempre com o uniforme limpo e passado, com barba e cabelo cortados, não deve comentar sobre seu cotidiano fora do local de trabalho, deve manter os portões e demais acessos do condomínio fechados em horários de recolhimento de lixo e limpeza das ruas, também deve transmitir e cumprir as ordens do zelador. O profissional também deve colaborar para cumprir o regimento interno do condomínio ou prédio.

O porteiro deve autorizar a entrada de profissionais prestadores de serviço, como instaladores de TV a cabo, internet, etc. Nessa situação, o porteiro deve fazer a identificação do suposto funcionário, fazer um registro com nome completo e dados da pessoa, e também interfornar o morador para confirmar o serviço solicitado.

Seja uma pessoa que impõe limites

É importante que quando você esteja no trabalho, mostra que existem limites entre você e os moradores. Muitos moradores se aproveitam da função do porteiro e solicitam coisas que não são de sua função, como pedir para que descarregue as sacolas de compra, estacione/manobre o carro, sempre libere tal pessoa, ou guardar algum objeto pessoal do morador na portaria.

É preciso que os moradores respeitem sua função, e não lhe peçam coisas que não lhe condizem. Caso haja problemas nesse sentido, você deve entrar em contato com o síndico do condomínio para que sejam tomadas as devidas providências.

Ser uma pessoa notívaga

Quanto a esse tópico, não significa que você tenha que ser obrigatoriamente uma pessoa que só consegue dormir no período da tarde, pois grande parte dos porteiros faz escalas, mas se for trabalhar no período da noite saiba que ficará a noite toda acordado, e isso pode lhe exigir um pouco de preparo, e mudar sua rotina habitual, além de seu período de descanso para manhã ou tarde. Porteiros que dormem em serviço podem ser penalizados, podendo até mesmo ser demitidos de sua função.

Alguns condomínios proíbem os porteiros no período da noite de assistir TV, ouvir rádio ou sair caminhar pelo condomínio porque podem se distrair e durante o turno acontecer de algum estranho adentrar no local sem permissão.

Quem mora em apartamento ou condomínio, sente-se seguro ao saber que existe um profissional cuidando dia e noite do local. Mudar para locais como prédios que possuem porteiros cuidando do local em tempo integral.

Faça cursos profissionalizantes

Para ocupar vagas como porteiro e zelador por enquanto a legislação não obriga que seja realizado cursos profissionalizantes, porém um funcionário treinado para a função será contratado com maior facilidade, pois além de a pessoa aprender conhecimentos muito úteis para a função, para quem deseja enriquecer o currículo, mostra um grau maior de capacitação. É interessante que se você estiver fazendo um curso de porteiro, no momento da entrevista mostre que isso faz muita diferença para ser mais bem pago para sua função.

Para qualquer função atualmente o mercado de trabalho vem cobrando cada vez mais profissionalização. Para quem já atua na área da portaria, e tem interesse em trabalhos que envolvem a segurança de um local, é interessante buscar cursos de vigilante e segurança.

Gostou do texto? Então compartilhe nas redes sociais para que mais pessoas possam saber sobre essas informações!




Deixe um comentário