Sabemos que não é fácil entreter as crianças nesse período em que elas estão em casa o tempo todo. Mas é importante saber usar esse tempo com elas para gerar aprendizado dentro e fora de casa. Esses momentos valem ouro no desenvolvimento dos pequenos e marcarão para sempre suas vidas. Estamos há mais de três meses em casa e não são só os adultos que estão tendo de se readaptar a uma nova rotina, as crianças também. Com isso muitas famílias estão aprendendo a passar um tempo maior juntas e utilizá-lo com qualidade. E cabem aos pais ensinarem aos filhos formas de passar por essa “temporada”, por meio de valores e virtudes, exemplos essenciais para que as crianças cresçam com sabedoria e personalidade. Para isso, inspirados no site norte-americano Verywell Family, preparamos uma lista de ensinamentos que você pode repassar aos seus filhos e que eles levarão para o resto da vida. 2 a 4 anos Nessa fase da vida a criança ainda precisa de uma assistência e/ou supervisão nas atividades realizadas, pelo fato de não ter muita noção de espaço e perigo. No entanto, existem algumas atividades que ela já pode começar a realizar, como: Organização: guardar os brinquedos depois de brincar, colocar os bichinhos de pelúcia por tamanho, os sapatos por modelo, coisas simples que geram disciplina. Autonomia: parece cedo, mas é importante que seu filho tenha noção sobre determinadas questões, como por exemplo o porquê usamos certas roupas no verão e inverno. Isso pode ser bem divertido além de permitir que ele se vista de acordo com a estação. Nessa fase, também é o momento de permitir que a criança comece a comer sozinha, pois isso libera nela uma sensação de liberdade e crescimento. Respeito: ensine-os a pedir desculpas, a agradecer quando recebem um presente e dividir uma bolacha com o amiguinho. Atitudes assim são o inicio da construção de um excelente ser humano. 5 a 7 anos Nessa idade as crianças gostam de fazer parte do “mundo adulto” e sentir que estão fazendo coisas realmente importantes. Por isso podem atuar em algumas atividades mais complexas como: Limpeza: peça para a criança recolher o lixo da casa e ensine sobre reciclagem, fale sobre a importância de cuidar do meio ambiente e de não produzir tanto lixo. Ensine-a a varrer e passar pano na casa e tirar o pó dos móveis. Lavar a roupa: a criança não vai necessariamente lavar a roupa, mas aprender sobre como é feito esse processo. Por isso é válido ensiná-la a separar as peças claras e as escuras e o porquê da separação. Lembre elas de esvaziar os bolsos das calças e shorts antes de pôr para lavar. Arrumar a cama: essa atividade é essencial, pois mostra responsabilidade pelo que é da criança. Ensine seu filho a arrumar a própria cama, o quão importante é deixar ela arrumada e como devemos manter nosso quarto organizado. 8 a 10 anos Nessa faixa etária eles se tornam grandes parceiros em casa e podem realizar tarefas antes evitadas por conta da idade. Nessa fase eles podem se tornar “grandes” ajudantes e perceberem o quão importante é o trabalho em família. Cuidar do cachorro: ensinar a quantidade certa de ração que se coloca no potinho, trocar a água e juntar a sujeira do cachorro são algumas das tarefas que a criança pode fazer, incentivando-a também a cuidar do próximo. Cozinhar: nessa fase, pode ensiná-lo a quebrar ovos, mexer na massa do bolo, ferver água para o macarrão (com supervisão) e ensinar sobre fração com os copos de medição quando realiza receitas. Meio Ambiente: pode dar uma plantinha para que ele ajude a cuidar, quando deve colocar no sol ou na sombra, qual adubo correto, e a importância das plantas e árvores para o planeta. 11 ou mais Essa fase é dos pré-adolescentes e adolescentes. Onde está na hora de fortalecer o ensino sobre a responsabilidade, independência, valor do dinheiro e equilíbrio. Dinheiro: essa parte envolve matemática – como equilibrar as despesas, contas na poupança. Saber comparar preços e descontos percentuais, calcular juros em cartões de crédito. Uma boa dica é deixá-lo participar da renda da casa, apresentando quanto custa cada coisa que compra e estar a par das contas de água, luz e etc., isso o fará mais responsável e lhe ajudará a aprender na prática a realidade da família. Manutenção da casa: o seu filho já pode trocar a lâmpada, desobstruir um ralo, rastelar as folhas, cortar a grama e lavar a calçada. Essas habilidades são conquistadas, mas podem e devem ser muito necessárias. Responsabilidade pessoal: deixe que eles façam telefonemas, marquem compromissos e que organizem seu próprio tempo. Incentive seu filho(a) a realizar um planejamento onde possa aproveitar melhor o final de semana, na melhor fase da vida. Autonomia: pare de perseguir seu filho para tomar banho, deixe que ele decida o melhor horário para isso. Deixe que ele escolha os produtos de beleza que mais o agrada, o estilo de cabelo e roupa que prefere. Isso define o estilo e molda sua personalidade. No entanto, lembre-se que por estar morando na sua casa, cabe a ele o respeito e o cumprimento das regras estabelecidas no ambiente familiar.
Ensinem seus filhos a serem independentes, responsáveis e respeitosos hoje, pois isso economizará tempo e energia ao longo prazo, tornando-os cidadãos mais conscientes e referência.

Deixe um comentário

Deixe a sua opinião