Crianças do Clubinho Guardiões da Mata Atlântica vem ao Parque das Aves falar sobre a experiência neste sábado

287

Neste sábado, 16, das 10h às 11h, os visitantes do Parque das Aves poderão conhecer três integrantes do Clubinho Guardiões da Mata Atlântica formados na 1ª edição, promovida em 2018. Eles falarão sobre sua experiência como Guardiões promovendo a 2ª edição, que acontecerá em 2019.

A nova edição terá encontros mensais aos sábados, de março a novembro, das 13h30 às 17h30. O objetivo é promover a conexão de crianças de 7 a 10 anos com o bioma Mata Atlântica por meio de atividades que incentivem a cooperação, a participação e o engajamento. As inscrições estão abertas até o dia 20 de março e podem ser feitas online: parquedasaves.com.br/clubinho.

Guardiões formados na primeira turma

Um dos Guardiões que virá no sábado ao Parque, Henrique Dislich, comenta que aprendeu muito sobre a Mata Atlântica nas reuniões do Clubinho. “Conhecemos a Cozinha das Aves para ver o que as aves comem, fomos ao Borboletário ver várias borboletas, e com os tratadores cuidamos dos animais. Mas o que eu mais gostei foi aprender sobre os pesquisadores”, finaliza Henrique.

A 1ª edição do Clubinho dos Guardiões da Mata Atlântica formou um total de 30 Guardiões, que hoje compartilham seus conhecimentos em suas comunidades. “É muito importante que as crianças da comunidade local cresçam valorizando e respeitando a Mata Atlântica, e o Clubinho oferece maneiras de eles conhecerem mais sobre esse bioma de forma divertida e cheia de aventura”, comenta Camila Martins, coordenadora do Departamento de Educação Ambiental do Parque das Aves.

O Clubinho

As atividades serão lúdicas e práticas, e a proposta é que em cada encontro os Guardiões acompanhem o trabalho de um setor específico do Parque das Aves. Assim, terão a possibilidade de entrar em contato com a missão e os princípios da instituição para a conservação da Mata Atlântica.

“Em Foz do Iguaçu vivemos em domínios de Mata Atlântica, o segundo bioma mais biodiverso do mundo. Então é importante que as crianças desde cedo conheçam mais sobre o habitat em que vivem e aprendam de que maneira podem atuar para a sua conservação”, comenta Camila.

Repleto de atividades

Em março, o tema é “O que é a Mata Atlântica?”, e os Guardiões poderão conhecer a rica biodiversidade deste bioma e sua importância. Em abril, no encontro “Conhecendo a Mata Atlântica e as ameaças ela sofre”, eles poderão aventurar-se pela Mata Atlântica, aprendendo sobre as ameaças que existem e ações para conservação. De maio a agosto irão se aventurar com a “Atuação do Parque das Aves para conservação”, vivenciando atividades sobre rotina de trabalho de um pesquisador, de um zootecnista e de um tratador. Também colocarão a “mão na terra”, aprendendo sobre algumas espécies de plantas nativas da Mata Atlântica. Já em setembro, dentro da programação “Como outras instituições atuam em prol da conservação da Mata Atlântica?”, eles poderão conhecer o trabalho de outras instituições de Foz do Iguaçu para a conservação da Mata Atlântica, em outubro, no “O que os Guardiões podem fazer?”, participarão de uma divertida oficina, envolvendo tudo que aprenderam durante o ano, e em novembro haverá um encerramento, que contará com a participação das famílias dos guardiões.

Serviço

2ª edição do Clubinho Guardiões da Mata Atlântica

Encontros mensais aos sábados, de março a novembro, das 13h30 às 17h30

Local: Parque das Aves

Inscrições: de 18/2 a 20/3

Quem pode participar: crianças de 7 a 10 anos

Valor: R$ 120 pelo ano todo

Mais informações: parquedasaves.com.br/clubinho




Deixe um comentário