A Prefeitura de Foz do Iguaçu publicou hoje (13), na parte da manhã, em sua página do Facebook, que o uso das máscaras (de proteção) fica obrigatório na cidade para qualquer indivíduo que precise sair de casa. Existem no mercado inúmeros modelos: tecido, TNT, plástico, bandana etc. Mas o que vem conquistando mais adeptos é a de tecido. Ela é muito mais segura e pode ser personalizada com diversas estampas e cores. Já publicamos uma matéria no portal sobre as que a marca ReUse vem fazendo, tendo grande sucesso, com tecidos atóxicos e semipermeáveis.

Mas algumas dúvidas surgem: número de vezes que podem ser utilizadas, como higienizá-las, como compartilhá-las… Por isso nós da 100fronteiras fomos atrás das respostas e lhe ensinaremos como cuidar delas.

Dica: é importante que a máscara cubra totalmente o nariz e a boca, bem ajustada no rosto, sem deixar espaço nas laterais.

Tecido de algodão 100%

Um litro de água com três colheres de água sanitária. Deixe de molho por 30 minutos e depois lave com água e sabão. Seque ao sol.

Lave sempre após o uso.

Não compartilhe a sua máscara, tenha no mínimo duas para cada membro da família.

Quando estiver chegando em casa já coloque sua máscara em um saco plástico e após chegar ponha para lavar imediatamente.

Com esses cuidados terá sempre uma máscara higienizada e pronta para o próximo uso.

Participe da conversa

3 Comentários

Deixe um comentário

Deixe a sua opinião