Colônia de Férias do Parque das Aves promove oficina gastronômica

218

Nesta quinta-feira (23), a criançada vai participar da programação “Sabores da Mata Atlântica” e conhecer a rotina de um chef de cozinha na preparação, organização, apresentação e degustação dos pratos

O mês de janeiro tem sido especial para a criançada no Parque das Aves. Com o fim do ano letivo e o merecido recesso escolar, o Parque está promovendo sua Colônia de Férias para crianças de 7 a 10 anos. A programação está recheada de brincadeiras e diversões que envolvem o contato com a natureza, manejo de aves, desbravar de florestas e oficina de gastronomia.

As práticas recreativas têm uma pegada lúdica e educativa e são realizadas por educadores ambientais. Ao todo, 25 crianças estão vivenciando a experiência. 

“Está sendo incrível ver as crianças fazendo novas amizades e interagindo por meio de temas da Mata Atlântica. Isso é muito importante para criar essa sinergia com o meio ambiente, além da percepção de pertencimento à natureza”, comenta a coordenadora do Departamento de Educação Ambiental do Parque das Aves, Camila Martins.

Saberes e sabores

Na quinta (23), as crianças vão vivenciar o dia a dia de trabalho de um chef de cozinha, preparando deliciosas receitas saudáveis com ingredientes da biodiversidade da Mata Atlântica.

Quem comanda a programação é o chef Max Casu. Na oficina ele propõe que as crianças encontrem o sentido e o sabor da Mata Atlântica, tão rica e biodiversa, através de ingredientes típicos da floresta, para preparar os pratos. Entre os ingredientes estão as plantas alimentícias não convencionais (PANCs), que possuem alto valor nutritivo. 

“Alimentação é cultura. Nosso propósito não consiste apenas em dar conta de uma abundância de informações sobre comida, mas sim, incorporar vivências e incentivar práticas, saberes e  experiências subjetivas”, afirma Max.

Depois de preparar os alimentos, as crianças vão apresentar e degustar seus pratos em um piquenique prá lá de especial, chamado de “PANCNIC”, tudo isso em um cantinho muito bacana do Parque das Aves.

E Camila acrescenta: “Essa atividade foi criada numa sinergia entre o Departamento de Educação Ambiental e a equipe do Restaurante do Parque das Aves, reforçando o trabalho multidisciplinar que desenvolvemos aqui para conectar as crianças com a conservação da Mata Atlântica. Ótima maneira de mostrar que podemos falar sobre conservação na cozinha”.

Sobre o Parque das Aves

Com 25 anos de atuação e 260 colaboradores, o Parque das Aves é a única instituição do mundo focada na conservação de aves da Mata Atlântica. Possui 16 hectares de mata restaurada, 1.300 aves de 130 espécies diferentes, com três viveiros de imersão e um borboletário. O objetivo do Parque das Aves é atuar investindo significativamente para criar um impacto positivo para as aves da Mata Atlântica, principalmente as 120 espécies e subespécies em risco de extinção. O Parque das Aves recebe 930 mil visitantes por ano, sendo um dos atrativos mais visitados em Foz do Iguaçu.




Deixe um comentário