Clínica de Florianópolis desenvolve cartilha para auxiliar os pais durante a quarentena

[#GustavoSiqueira]

A quarentena para controlar a disseminação da Covid-19 pegou a todos de surpresa, e nesta segunda semana de isolamento social muitos pais certamente precisam de atividades extras para entreter a criançada em casa. Afinal, é quarentena, não férias. E manter uma rotina com práticas saudáveis, alimentação regular e tempo para estudo e diversão é essencial.

Pensando nisto, a VitaClass – Clínica Integrada de Saúde, de Florianópolis, em parceria com a professora de língua inglesa para crianças e adolescentes Dóris. R. Maes, desenvolveu um e-book repleto de orientações para auxiliar os pais neste período.

O material ressalta a excelente oportunidade dos pais introduzirem hábitos saudáveis no cotidiano dos seus filhos e oferece ainda diversas opções para tirar proveito do tempo que estão passando em casa. Entre as sugestões, ideias e brincadeiras diferentes, que vão de jogos de tabuleiros e vídeo game, até leitura e meditação. “O objetivo é facilitar (e muito) a vida de todos, pois sabemos como é complicado manter a concentração dos pequenos por muito tempo”, destaca a professora.

O material completo está disponível para download no link: https://www.vitaclass.com.br/wp-content/uploads/2020/04/Crianc%CC%A7as.em_.Casa_Vitaclass.pdf

@vitaclass.clinica

Newsletter

Ama a tríplice fronteira tanto quanto nós? Assine a newsletter 100fronteiras e receba conteúdo exclusivo. Seu apoio aprimora nosso trabalho para que possamos ajudar a aprofundar sua conexão com Ciudad del Este, Foz do Iguaçu e Puerto Iguazú enquanto investimos no futuro do jornalismo local.

Participe da comunidade 100fronteiras

Apoiando o jornalismo local, você valoriza a sua cidade, seu estado e a integração dos três países. Nossa equipe está diariamente trazendo notícias da fronteira, apresentando novos lugares, histórias. Assinando você receberá conteúdos e promoções exclusivas.

Entre em nosso grupo do Whatsapp. Apoie a mídia local!

Nos encontramos lá, até mais!



Deixe a sua opinião