Lojistas e vendedores de Ciudad del Este estão otimistas com a recuperação do turismo e do comércio na região. Com o movimento forte de turismo em Foz do Iguaçu nos meses que cercam as férias de inverno, as expectativas são altas para os próximos meses. Se tudo desenrolar como o previsto, o lado paraguaio da fronteira deve se recuperar em 100% – considerando os números que antecedem a pandemia – no último trimestre de 2022.

Atualmente, a recuperação das vendas em Ciudad del Este atinge a casa dos 40% quando comparado ao volume de 2019. O turismo de compras do Paraguai acaba ficando dependente do movimento de turistas em Foz do Iguaçu e Puerto Iguazú. Por isso, a esperança é que os meses de alta temporada, nas férias de verão, tragam grande quantidade de turistas para a fronteira.

Empregos

Os empregos informais aumentaram notavelmente durante a pandemia na região da Tríplice Fronteira. Estima-se que cerca de 10 mil pessoas vivem na informalidade em Ciudad del Este, 300% a mais do que em anos anteriores. A recuperação do setor comercial se encontra entre 30% e 40%, com a volta de 20% da mão de obra existente antes da pandemia.

A recuperação tem sido gradual, mas os sinais são positivos. Ainda, o setor espera por um grande fluxo em novembro. A Black Friday promete ser agitada na fronteira, os preparativos já estão em andamento e a perspectiva dos resultados deixa empresários, lojistas e vendedores animados.

Comentários

Deixe a sua opinião