Seguindo nesse ritmo, a estrutura será concluída dentro do prazo estipulado, que é entre março e abril de 2022

As obras da segunda ponte localizada no Rio Paraná, que ligará Foz do Iguaçu até Presidente Franco, no Paraguai, estão a pleno vapor. Apesar da quarentena, no lado paraguaio o acesso à passarela está sendo construído. No lado brasileiro, a maioria dos pilares já está erguida.

Em entrevista para a Rádio Nacional do Paraguai, o assessor técnico da Direção de Coordenação da Itaipu Binacional, Pánfilo Benítez, informou, nesta quarta-feira (27), que a construção da futura Ponte da Integração no lado guarani está em processo de escavação da pedra basáltica.

“No lado paraguaio, eles têm cinco pilares de apoio e uma grande parede de dez mil toneladas para a caixa de balanceamento, onde todos os aparelhos vão, todos os sensores na ponte”, explicou ele para a rádio.

Pánfilo afirmou que tanto o lado brasileiro quanto o paraguaio estão em progresso. As construtoras não pararam de trabalhar desde o início da quarentena imposta.

Ele ainda disse que, no lado brasileiro, a obra está muito mais avançada, em especial para a conclusão de certos pilares. Enquanto no lado paraguaio, eles estão atualmente trabalhando na construção do acesso à ponte.

Segundo Benítez, seguindo nesse ritmo de trabalho, a estrutura será concluída durante o prazo estipulado e de acordo com o contrato, que é entre março e abril de 2022. Disse ainda que o trabalho para a segunda ponte está na segunda etapa, sendo a próxima a instalação das placas – o que, conforme o engenheiro, seria a parte semifinal do trabalho.

 

Fonte: Agência de Informação Paraguaia
Fotos: Itaipu Binacional (Brasil e Paraguai)

Comentários

1 Comentário

Deixe a sua opinião