Colégio Sesi Internacional - display portal

O Paraguai foi destaque em webstorie do jornal americano The Wall Street Journal, com o tema de mudanças climáticas.

“Secado pela seca, o Paraguai é vulnerável às mudanças climáticas”

Paraguai destaque no Wall Street Journal
Capa do webstorie. Captura de tela.

Com este título, o webstorie fala da seca e da pouca produtividade da Itaipu devido a falta de água no rio Paraná.

“Na maioria dos anos, quando as chuvas são normais, quatro piscinas olímpicas cheias de água passam a cada segundo pela gigantesca represa de Itaipu, produzindo eletricidade para o Paraguai e o Brasil e permitindo que navios e barcaças exportem grãos até a China.”

O WSJ explica que o fator da estiagem pode ser encontrado a quilômetros da Usina, na Amazônia. O desmatamento na maior floresta tropical do mundo está afetando os padrões climáticos.

São 66.255 mi² de área de desmatamendo na Amazônia desde 2004.

As secas custam caro, no Brasil, o rendimento de soja, milho, e trigo diminuíram, enquanto o valor de fertilizantes, e gasolina dispararam.

“Com os líderes mundiais se preparando para a conferência climática global que começa no domingo em Glasgow, Escócia, o Paraguai oferece uma visão do que a mudança nos padrões do clima pode significar, a longo prazo, para os países mais vulneráveis ​​aos efeitos da mudança climática.”

Finaliza Metthew Riva, quem produziu o webstorie.

Confira o conteúdo na íntegra clicando aqui.

Comentários

Deixe a sua opinião