Na noite da última segunda-feira (01/08), teve início o processo de reparação dos asfaltos em Ciudad del Este. A Prefeitura de Ciudad de Este direciona a reforma das infraestruturas rodoviárias a diversos pontos, priorizando aqueles considerados mais críticos. As obras começaram na avenida Enfermeras del Chaco, entre a avenida Capitan del Puerto e Bernardino Caballero.

A iniciativa foi do vereador Victor Torales, que já havia apresentado uma ata ao plenário da corporação legislativa, solicitando a declaração de uma emergência rodoviária em Ciudad del Este – na tentativa de abreviar os procedimentos de licitações. No dia 20 de maio, após a proposta de Torales, a sessão plenária aprovou a resolução 275/2022 – que decretou fosse iniciado o processo de reparação e remendos de ruas e avenidas na área urbana da cidade.

“Um processo de licitações pela via normal leva cerca de 4 a 6 meses, e pela via emergencial os prazos foram encurtados e iniciados em menor tempo, por isso optamos por esta decisão. À medida que vemos a urgência e a disponibilidade do orçamento, podemos ampliar as avenidas, enquanto se finaliza o processo de instalação da Usina de Asfalto”, disse o vereador Torales.

Na foto, o autor da ata, vereador Víctor Torales, com o prefeito Miguel Prieto, o presidente do J.M., Pedro Acuña, o vereador Oscar González e Dani Mujica, no início das obras da avenida Enfermeras del Chaco. Foto: La Clave.

O orçamento disponível para a reparação de alfastos em Ciudad del Este é de até 10 milhões de guaranis. A verba será direcionada a reconstrução dos seguintes trechos: Monseñor Rodríguez entre Vereador Romero e Dr. Luis María Argaña, Enfermeras del Chaco entre Capitan Del Puerto e Bernardino Caballero, Adrián Jara entre Piribebuy e Gaspar Rodríguez de Francia, Conselheiro Romero entre Bernardino Caballero e Monsenhor Rodríguez. Além disso, serão reparados também buracos em diferentes ruas e avenidas.



Comentários

Deixe a sua opinião