banner-foz-itaipu-foz

No fim de semana passado, Assunção teve a grande iniciativa de fechar as ruas em frente aos bares para ter um distanciamento maior entre as mesas, o incentivo aos comerciantes foi um grande sucesso, aumentando em até 70% o movimento nos bares.

Desta vez, Ciudad del Este resolveu apostar na nova tendência certeira. Neste sábado (22) foi realizada a implantação do plano piloto de conversão das avenidas Ciudad del Este em áreas de pedestres e gastronômicas. 

“Em relação ao sábado anterior tivemos um aumento de 70%”, disse Jorge Arzamendia, da Terraza Shop, que acrescenta “mesmo com pouco tempo para promoção, conseguimos melhorar muito”. 

A resolução municipal, que permitiu que quatro avenidas se transformassem, foi emitida na última sexta-feira (21). As avenidas foram: Rogelio R. Benítez, Campo Vía, Peru e Mariscal Estigarribia (Del Lago), o projeto foi apresentado pelo vereador Teodoro Mercado (PLRA) na Câmara Municipal.

“Todas as lojas estavam lotadas, 100% da capacidade, houve um forte aumento nas vendas, pois pudemos conversar entre vários proprietários”, disse Arzamendia, em entrevista para o jornal La Nación. Ele também mencionou que “que a reação positiva da medida foi em cadeia porque até o sistema de delivery que tínhamos um pouco baixo, conseguimos aumentar”.

A Terraza Shop fica na avenida Rogelio Benítez, um dos quatro setores habilitados. Metade da estrada em ambos os lados foi fechada, deixando metade da estrada para o tráfego de veículos, essa é a avenida com mais pontos gastronômicos do centro de Ciudad del Este.

Em assunção já tinha sido um sucesso, agora foi a vez de CDE apostar nas ruas gastronômicas
Pessoas aproveitando a noite ao ar livre em Ciudad del Este./ Foto: Jornal La Nacion.

O setor afetado

“Nenhuma aglomeração é gerada superior a ônibus, centros médicos, mercados; o que existe é uma espécie de perseguição do setor. A aglomeração na governadoria para vacinação é mil vezes pior do que pode ocorrer no setor gastronômico. Fechamos às 24h e o máximo que aconteceu foi que as pessoas ficaram nas suas mesas, ao ar livre ”.

disse José María González, um dos promotores da transformação das ruas.

Isso foi antes da consulta sobre algumas posições que consideram que a medida gera aglomeração.

Os sócios da Associação de Bares (Asobares) vão propor que o plano piloto para este fim de semana e início de semana se repita nos sábados e domingos seguintes. Eles ainda anunciaram que mais um trecho, localizado na Vila Bancária, será adicionado como habilitado para a aplicação da medida. Algumas dependências localizadas na Rua Eirete, em seu cruzamento com a Supervia, serão beneficiadas também.

Informações do jornal La Nacion.

Parabéns pela iniciativa, Ciudad del Este!

Diálogos 100fronteiras

1 Comentário

Deixe a sua opinião