Bruna Wan é a cara jovem do empreendedorismo em CDE

3103

 

Fotos: Armando Abdias

Com apenas 27 anos, Bruna Wan possui uma vasta experiência em comércio e prova que o empreendedorismo jovem é a nova marca de Ciudad del Este

 

Quem vê a jovem desinibida gravando stories para o Instagram nem imagina o que ela viveu para chegar até esse momento. Natural de Foz do Iguaçu, é descendente de chineses. Os pais vieram de Hong Kong, porém foi do outro lado da fronteira, em Ciudad del Este, que eles construíram o patrimônio da família: o Shopping Lion. “O estabelecimento já existe há uns 20 anos, mas está nas mãos da minha família há dez, e desde que meu pai assumiu eu passei a ser o braço-direito dele na empresa”, destaca a empresária Bruna Wan.

Bruna e o pai

No entanto, inicialmente o sonho da jovem era estudar fora do país, algo que ela adiou aconselhada pelo pai, Wan Chi Ming, que sempre foi comerciante e a orientou a seguir o mesmo caminho. Por respeito ao pai e ao negócio da família, ela decidiu que ficaria. Estudou administração em Foz do Iguaçu e com o tempo tomou gosto pelo trabalho na administração do Lion.

Apesar de Bruna ter assumido grandes responsabilidades no shopping, o pai sempre a supervisionava e corrigia os seus erros. Mesmo não concordando com tudo o que o pai lhe dizia, no fundo ela sabia que ele estava preparando-a para o que viria a seguir. Anos mais tarde ela entenderia que aquilo era o início de uma carreira brilhante.

Bruna Wan em busca de novos voos

Em 2017 perdeu o pai e então se viu sozinha para tomar conta da empresa. Foi uma grande perda para a toda a família, contudo era hora de ela decidir se continuaria no mesmo lugar ou usaria os ensinamentos paternos para alçar voos mais longos. “Era chegada a hora de eu conquistar o meu espaço e mostrar para as pessoas que eu poderia tomar conta do shopping. Foi quando eu lancei um desafio para mim mesma: ou você mantém o que já tem ou você multiplica isso. Porque o mais difícil o meu pai já havia feito, que era construir a empresa, e seria uma vergonha eu não saber administrar”, explica.

E Bruna conseguiu. Seja pelos ensinamentos do pai ou pela sua força de vontade e foco, ela foi além e impulsionou o Lion para os quatro cantos do mundo, por meio das redes sociais. “Eu sentia que era hora de mudar, precisava dar um passo maior, e foi quando ingressei ativamente na internet. No entanto eu não queria apenas postar fotos dos produtos, até porque isso era algo que em pouco tempo todo mundo estaria fazendo. Eu precisava fazer algo que fosse exclusivo, e foi então que eu passei a aparecer nos vídeos e fazer propaganda do meu próprio negócio. Eu me tornei a cara do Shopping Lion.”

Assim, há menos de um ano, ela iniciou esse desafio sozinha, de forma bem amadora e espontânea, e pôde sentir logo de cara o resultado positivo daquilo. Entretanto, mais tarde, precisou contar com a ajuda de uma equipe de marketing que profissionalizou as postagens. A página no Instagram saltou de nove mil para mais de 60 mil seguidores em seis meses. E o principal sucesso disso é a própria Bruna, que aparece ativamente nas postagens, criando uma relação familiar e íntima com os clientes. “Pessoalmente eu sou a mesma dos vídeos, quem me vê nas redes sociais sabe que eu sou assim. Desenvolvo um trabalho humano de relação próxima com meus clientes”, destaca.

Hoje ela não é somente a pioneira desse tipo de marketing em CDE como também serve de inspiração para outras empresas e jovens empreendedores. “As pessoas querem ver pessoas, e eu sinto isso toda vez que algum cliente vai ao shopping e me encontra. Eles me abraçam, querem tirar foto comigo, eles me veem como uma amiga. Hoje sinto que estou no caminho certo, no entanto ainda há muito o que fazer e conquistar”, ressalta.

Olho: “Eu sou uma pessoa que gosta muito de desafios, então não coloca um desafio na minha frente que eu vou lá e resolvo.”

Lion, o Shopping da Tendência

Além do Shopping Lion em CDE, a família possui empresas na China e no Brasil. Quatro vezes ao ano, Bruna viaja para a China para acompanhar as compras e buscar novas tendências para o mercado. Por isso, toda semana, o shopping oferece novidades aos clientes e cada produto é supervisionado por ela, que além de organizar o espaço também realiza um trabalho exclusivo com os funcionários, incentivando-os a trabalharem satisfeitos. “Eu sempre controlei muito os meus gastos, então onde eu poderia economizar com terceiros, eu economizava, porque para mim é muito mais importante investir em quem está comigo, meus funcionários que contribuem para o sucesso do shopping”, explica a jovem.

Olho: “Eu sempre tô antenada em tudo o que cerca o mundo da moda, das tendências, das novidades em tecnologia, e trago essas novidades para CDE com preços que estejam acessíveis às pessoas.”

Planos, sonhos, futuro…

A perda do pai e a responsabilidade de assumir o Shopping Lion fizeram Bruna amadurecer mais rápido que a maioria das pessoas na idade dela. E mesmo com o sonho de casar e ter filhos, hoje ela sabe que tudo acontece no tempo certo e, por enquanto, seu foco é no trabalho.

“Quando comecei a trabalhar com meu pai, não gostava das exigências e cobranças da parte dele, eu queria poder conquistar meu espaço e mostrar que era capaz, e fazia isso no shopping porque sentia que precisava provar a ele e a todo mundo que me conhecia que eu era capaz de me virar sozinha. Hoje eu entendo porque aconteceram essas coisas, porque ele sabia que chegaria uma hora que eu teria que assumir. E o que mais me emociona hoje ao relembrar meu pai, que já não está mais aqui, é que eu sou exatamente como ele e que o sonho dele está bem seguro comigo, porque se tornou meu próprio sonho. E sei que, onde ele estiver, está sentindo orgulho de mim”, finaliza, comovida.

Look: Rosa Carmin

Make: Tatiana Pereira

Local: Edficio CSD Center



Formada em Jornalismo (UDC) e pós-graduada em Relações Internacionais Contemporâneas (Unila), atualmente é jornalista e editora na Revista 100fronteiras.


Deixe um comentário