Ė até difícil começar a escrever essa homenagem sem lembrar da alegria do Dr. Anderson de Souza. Além de ser um profissional visionário e muito trabalhador, acima de tudo era um ser humano humilde, alegre, com um riso contagiante e muitos, muitos sonhos a serem realizados. Mas infelizmente o destino quis que ele partisse e por isso hoje escrevemos esse texto de despedida para alguém que tivemos o breve prazer de conhecer e de contar a história nas páginas da 100fronteiras.

Dr. Anderson de Souza Sabat Stetic
Foto: Aline Moraes

O médico, Master em Harmonização Facial com experiência na saúde há seis anos, passou por diversos países da América como Argentina, Uruguai, Paraguai e Chile; e na Europa, em países como Alemanha, Itália, Lisboa e Portugal. Atualmente tinha a função de Ceo-Founder da Sabat Stetic e escolheu Foz do Iguaçu para realizar esse sonho. Fundou a clínica e trouxe todo o seu profissionalismo para a fronteira. Fez mais, buscou profissionais com o mesmo espírito empreendedor que ele para desenvolver um trabalho conectado em todo o país, sendo também o idealizador do “Harmonização Week”, uma semana de avaliações, planejamento e organização, levando a cada paciente essa experiência de harmonização, seguindo posteriormente com a execução do planejamento definido.

Em Foz do Iguaçu, sua clínica tem como objetivo permitir e garantir aos pacientes a experiência de beleza e saúde, sem deixar de lado a originalidade, assim respeitando a idade cronológica, a estrutura biológica e a beleza única de cada pessoa.

E ele sonhava com muito mais. No entanto, foi acometido com um câncer descoberto em estágio avançado e veio a falecer na madrugada de hoje (20) de AVC.

Dr. Anderson de Souza Sabat Stetic
Foto: Aline Moraes.

Para nós da 100fronteiras que pudemos conhecer o Dr. Anderson de perto, contar sua história e a história da Sabat Stetic em nossas páginas da revista de maio deste ano é muito triste estar aqui agora escrevendo essa homenagem. Ainda tínhamos muitos projetos para realizar em parceira. É uma pena que não tivemos a chance de concretizá-los. A euforia de suas palavras, o jeito divertido e o sotaque marcante de Anderson ficarão em nossa memória para sempre.

Aos familiares, amigos e pacientes desejamos muita força e fé neste momento.

Saiba mais!


Formada em Jornalismo na UDC e pós-graduada em Relações Internacionais Contemporâneas na Unila, atualmente é jornalista da 100fronteiras e recentemente conquistou pela 100fronteiras o primeiro lugar no 1º Prêmio Faciap de Jornalismo.

Diálogos 100fronteiras

Deixe a sua opinião