Em um tempo no qual a solidariedade e o amor se mostram cada vez mais importantes, falar da Somare é ressaltar a relevância de olhar para o outro com respeito e afeto.

Neste mês de abril, esse olhar se volta especialmente para o mundo autista. No dia 2, comemorou-se o Dia Mundial do Autismo, e durante todo o “mês azul” campanhas de conscientização reforçam a importância do respeito para com as pessoas do espectro autista e do diagnóstico precoce, tão necessário nos primeiros anos de vida da criança, para que o tratamento de intervenção comece cedo.

Elielton, Andriane, Andressa e Thiago estão à frente da Somare
Elielton, Andriane, Andressa e Thiago estão à frente da Somare.

E falar de autismo em Foz do Iguaçu é falar da Somare. A clínica terapêutica reúne mais de 60 profissionais e atende mais de 120 crianças com TEA, realizando um trabalho de amor, respeito e extrema dedicação. Nessa campanha, estampada em nossa capa, eles nos convidam a olhar para o mundo autista. A relação com a gota no oceano destaca que “o que sabemos é uma gota, o que ignoramos é um oceano”; por isso buscar conhecer a particularidade do autismo é nosso dever de cidadão.

Então, amigo leitor, convidamos você a olhar com empatia para esse mundo tão particular e descobrir as belezas da complexidade de crianças e adultos.

Ainda nesta edição você encontrará uma matéria sobre as tecnologias instaladas na “Vila A Inteligente”, que já estão em funcionamento e visam a facilitar a vida dos moradores e contribuir para transformar Foz em um hub de inovação.

No mais, há muito conteúdo de lazer e empreendedorismo no qual se inspirar.

Mergulhe nesse oceano azul conosco e boa leitura!

Capa 100fronteiras de abril - somare

Espaço publicitário

ALEP Covid 19
Patrícia Buche

Formada em Jornalismo na UDC e pós-graduada em Relações Internacionais Contemporâneas na Unila, atualmente é jornalista da 100fronteiras e recentemente conquistou pela 100fronteiras o primeiro lugar no 1º Prêmio Faciap de Jornalismo.

Diálogos 100fronteiras

Deixe a sua opinião