A cultura de New Orleans segue como inspiração para os novos pratos criados pelo chef Lucas Vicenzzo para o restaurante curitibano que respira jazz

As músicas, os arranjos, o ritmo melancólico e a história de vida dos standarts do Jazz têm servido como fonte de inspiração para elaboração do menu do Full Jazz Bar há dois anos. O desafio posto pelo restauranter Leandro Almas ao jovem e talentoso chef paulista Lucas Vicenzzo não poderia ser outro, afinal o restaurante temático respira Jazz no conceito e na decoração. A cultura e gastronomia de New Orleans, cidade berço do jazz, com as influências da cozinha Creole e Cajun, pode ser percebida em alguns pratos. E a partir deste sábado (dia 10), a casa chega com novidades para trazer um frescor ao cardápio.

Pratos que fazem sucesso serão mantidos, mas o frequentador habitual poderá experienciar a lúdica aventura de Lucas Vicenzzo ao conceber os pratos. “Em uma criação literária e despretensiosa, apresento pratos com misturas inusitadas e extremamente saborosas que, assim como a música, podem despertar sensações de ser tocado por uma arte que envolve da audição ao paladar”, afirma o chef.

No hall dos aperitivos, há opções como Fusion, duo de bruschettas de coalhada e berinjela defumada e de abobrinha com menta e parmesão, que são servidas acompanhadas de picles de melancia e de cebola roxa. Nas entradas duas novidades: o Tuna Blues, um fantástico tartar de atum com creme de alho e caviar de maracujá; e o The Ajobranco, pasta de amêndoas, alho e especiarias, servido com presunto Parma, uvas verdes e pão sírio assado.

Entre os pratos principais, destaque para o Gets/Gilberto, que traz camarão envolto em bacon grelhado, servido com palmito pupunha braseado, chuchu e creme de salsa. Há também o Cry me Again, lombo de atum grelhado, servido com molho de emulsão de framboesa, guarnecido de quinoa vermelha com abacaxi. Para quem aprecia bacalhau, a pedida é o Sumer Fest, um lombo de bacalhau confitado, com molho vizcaya e alho frito, guarnecido com batatas e vagem na manteiga. Outra novidade é o St Louis, stinco de cordeiro na laranja e linguine na manteiga de sálvia. Há também o So What Lupp, bife ancho grelhado com molho de ervas, quinoa vermelha com duo de cogumelos frescos e purê de alho confit, chips de batata doce; Frenchmen Duck, um confit de coxa e sobrecoxa de pato com maçã verde e cebolas roxas, servido com risotto de parmesão, e o Uptown Food, dedicado aos vegetarianos, com polenta cremosa ao perfume de laranja e ragu de cogumelos frescos.

Voz de vinil

Neste sábado, enquanto as novidades gastronômicas vão perfumar a cozinha, a curitibana Jenni Mosello tem a missão de encantar o público com sua voz de vinil. A vice campeã do reality show X Factor apresenta o show Jenni´s Jazz que destaca as divas do jazz da década de 30 e também artistas contemporâneos, uma oportunidade para curtir os melhores drinks e aperitivos da casa, ao som de Ella Fitzgerald, Amy Winehouse, Ray Charles a Roy Hargrove.

Sobre o Full Jazz Bar

Em 2019, o Full Jazz Bar completa 16 anos de história e se destaca por ser uma casa temática voltada ao Jazz. Bar e restaurante localizado no coração do Batel, o Full Jazz Bar é referência na noite curitibana por reunir em um ambiente elegante, música ao vivo e gastronomia de alto padrão. A iluminação intimista e o cardápio inspirado na cultura de New Orleans completam a experiência para os amantes da boa música. E de quinta a sábado, o Full Jazz Bar recebe os melhores intérpretes do país no Jazz, Blues, Black Music, Soul, MPB e Bossa Nova.

Serviço:
Full Jazz Bar
Endereço: Rua Silveira Peixoto, 1297, Batel, Curitiba (PR)
Reservas e informações: (41) 3312-7030
https://www.facebook.com/fulljazzbar/
Instagram: @fulljazz.bar

Comentários

Deixe a sua opinião