O sucesso da construção está na escolha do terreno

Na hora de pensar em construir, o primeiro passo é decidir qual a melhor opção: construir ou comprar uma casa pronta. A escolha do terreno é fundamental para o sucesso da construção, por isso, requer muitos cuidados.

Muitos terrenos a venda em Curitiba estão localizados nas áreas mais afastadas, principalmente pela falta de espaço na capital.
Isso não é de fato um problema, e pode ser uma opção interessante para quem busca lugares mais tranquilos, próximos de áreas arborizadas, com mais espaço para construir casas maiores.

Se você está procurando um terreno para começa a construir, confira algumas dicas interessantes de como escolher o melhor lugar para morar.

10 dicas para escolher um terreno ideal para construção

São várias as opções de terrenos em condomínios em Curitiba, que na hora da escolha pode surgir a dúvida. Confira algumas dicas importantes na hora de comprar um terreno ideal para construção:

  1. Fique de olho no nível do terreno

Essa é uma dica importante, que pode trazer bastante economia no decorrer do projeto de construção. O desnível pode influenciar no tempo e custo para iniciar a construção.

Observe se o terreno, mesmo plano, ele pode estar em duas posições:

  • aclive, ou seja, vai subindo na direção do fundo
  • declive, desce em relação ao nível da rua, mas na direção do fundo.

Na hora de escolher o terreno, observe o traçado e tente projetar a construção dentro desses limites.

O que se observa no mercado é que quanto mais íngreme o terreno se apresenta, mais barato ele vai custar. Isso porque, para iniciar uma construção, é preciso nivelar o local, e isso pode sair caro no final.

  1. O tipo de solo influência

É preciso estar atento ao tipo de solo que existe no local onde fica o terreno, isso influencia diretamente na fundação da casa que pretende construir.

Lembre-se, próximo de rios ou córregos os solos são mais úmidos e alagados. Se houverem pedras, é preciso fazer uma fundação mais profunda. Esses itens podem encarecer o processo.

  1. O sol é importante

Pense na posição estratégica do terreno em relação ao sol. Alguns cômodos da casa precisam receber mais luz natural, e o local onde o sol nasce e se põe pode fazer diferença no final.

  1. Observe a localização

É importante observar a localização do terreno para não se afastar muito de áreas que ofereçam diferentes tipos de infraestrutura. Não adianta um terreno perfeito em um local que não tem comércio, transporte, lazer, entre outras comodidades.

  1. Confira as regras quanto a recuos

Cuidado com a relação do tamanho com os recuos necessários para a construção. Terrenos estreitos demais podem não estar aptos para construção porque precisam respeitar a Lei de Ocupação e Uso do Solo, específica para cada município.

  1. Confira o zoneamento do terreno

Cada área da cidade permite um tipo de construção, ou tem limitações importantes para construir. Por exemplo, em algumas áreas próximas ao aeroporto, é proibida a construção elevada.

  1. A mata nativa deve ser respeitada

Fique atento as normativas quanto ao desmatamento dentro do terreno que está procurando. Alguns locais possuem restrições ambientais para retirada de algumas espécies de árvores ou plantas.

Planeje com antecedência como agir com relação a mata nativa. A retirada não autorizada é passível de multa.

  1. Não esqueça da infraestrutura

Pense na necessidade de todos que irão morar na casa. Crianças, por exemplo, precisam de praças, parques, áreas de lazer. É preciso ter acesso a luz elétrica, saneamento básico, transporte público e a saúde.

Por exemplo, algumas chácaras a venda estão em áreas isoladas, que apesar de terem estrutura para receber uma belíssima casa, não oferecem nenhum conforto para acesso próximo a ela.

  1. A documentação é fundamental na negociação

Esse pode ser considerado, com toda certeza, o ponto mais importante antes de fechar o negócio. Verifique se toda a documentação do terreno está correta e se existem restrições para transferência de propriedade.

Por exemplo, alguns terreno na praia não são documentados, e por isso somente recebem uma permissão de utilizado da União. Confira se esses terrenos podem de fato serem vendidos. Fique atento!

  1. A decisão pessoal

Levando em consideração todas as dicas, se você gostou de localização, estrutura e até mesmo do perfil do terreno. Se estiver de acordo com os valores, é hora de fechar o negócio. A decisão deve ser racional, quanto a necessidade e utilidade para a sua construção.

São tantas opções, que não é fácil escolher

Vários terrenos estão a venda não só em Curitiba, quanto na Região Metropolitana. Na hora de decidir qual terreno comprar, é preciso ficar atento a localização e se o terreno atende as necessidades da construção.

O gosto pessoal deve ser levado em consideração, mas detalhes técnicos não podem ser ignorados. É importante que a infraestrutura, vizinhança e o preço sejam analisados em conjunto tom o gosto pessoal.

É mais barato comprar um terreno e construir

Comprar um terreno e construir uma casa acaba saindo cerca de 50% mais barato que adquirir um imóvel pronto.

Um bom planejamento pode levar a uma casa como é o sonho do brasileiro, principalmente ao sair do aluguel.

A escolha do terreno pode baratear parte da construção, e um bom planejamento de cronograma e materiais pode evitar gastos extras e, principalmente, perdas no caminho que podem atrasar ou encarecer a obra.

Construir uma casa demanda em média de seis meses para a execução da obra, mas isso vai variar de acordo com o tamanho e dificuldades no projeto.

O primeiro passo é comprar o terreno, mas não esqueça que ele precisa fazer parte do planejamento, e tudo deve ser colocado no papel o quanto antes para possíveis necessidades de fundação diferenciada e nivelamento não fugirem do orçamento no final.

Gostou deste artigo? Então aproveite e compartilhe com os seus amigos através das suas redes sociais para que todos saibam um pouco mais sobre os detalhes para escolher um bom terreno para construir.

Comentários

Deixe a sua opinião