Uma campanha promovida pela Itaipu Binacional, em parceria com os municípios da região, pretende sensibilizar a comunidade sobre a importância do descarte correto dos lixos e da preservação dos rios e córregos.

Chamado “Um Rio Passa Aqui”, o 1º Concurso Regional de Pinturas de Bueiros/Bocas de Lobo será feito nos 55 municípios do Oeste do Paraná, e um do Mato Grosso do Sul, vinculados à empresa por meio do Convênio Linha Ecológica.

A ação será lançada na segunda-feira (21), na véspera do Dia Mundial da Água, celebrado em 22 de março. São esperadas mais de cem escolas e Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs) da rede pública de ensino, reunindo os alunos do primeiro ao quinto ano. As atividades devem terminar até a metade de abril.

O objetivo é mostrar que o descarte incorreto do lixo pode entupir bueiros e bocas de lobo ou, ainda, contaminar rios e prejudicar a segurança hídrica da região. A iniciativa se inspira na campanha lançada pela Organização das Nações Unidas (ONU), em 2019, intitulada “Mares Limpos – o Mar começa aqui”.

De acordo com a gestora do Convênio Linha Ecológica, a bióloga Lucilei Bodaneze Rossasi, da Divisão de Educação Ambiental, a campanha da ONU foi recebida por várias cidades litorâneas do Brasil e, depois, adaptada por outras cidades do interior do País com o tema “O Rio começa aqui”.

“Na Itaipu, optamos por adaptar o slogan para ‘Um Rio passa aqui’, porque trabalhamos muito com o conceito da importância de proteger as nascentes, onde os rios, de fato, nascem. Foi mais para não ter um conflito de informações”, explica Lucilei.

A campanha

A partir de segunda-feira (21), as escolas públicas e os CMEIs poderão começar as atividades alusivas à campanha. “Não é apenas uma ação pontual de pintar os bueiros, é uma atividade interdisciplinar. A campanha começa com uma articulação no município entre as secretarias de educação, meio ambiente e de obras”, conta Lucilei.

Os municípios escolherão os bueiros, de preferência, próximos às escolas. Depois, será feita uma atividade de limpeza dos bueiros e das bocas de lobo, que será acompanhada pelos alunos das escolas e, em alguns casos, por pais e pela comunidade. Os resíduos retirados das galerias pluviais serão usados para mostrar a importância do descarte correto do lixo.

Na sequência, o tema será tratado em sala de aula. Os professores vão falar sobre o cuidado com a água, a importância de proteger as nascentes dos rios, o descarte correto e a separação dos resíduos sólidos urbanos, as ações emergenciais das prefeituras em casos de alagamento, entre outros temas.

“O conteúdo faz parte da matriz curricular da rede pública de ensino, vamos deslocar para esse período alusivo ao Dia Mundial da Água. Cada professor poderá adaptar o conteúdo de acordo com a turma”, diz Lucilei.

A última etapa da campanha será a pintura dos bueiros e das bocas de lobo. Os alunos farão as artes nesses locais, com a frase da campanha “Um Rio passa aqui”. Poderão participar várias turmas de várias escolas, mas as prefeituras vão escolher as duas melhores ações, levando em conta a pintura em si e o encaminhamento de todas as atividades. O relatório será enviado para Itaipu.

“Serão premiadas as duas melhores ações de cada município com um kit pedagógico”, resume Lucilei. O kit terá itens como bolas de borracha, bambolês, jogo de boliche, petecas e 1 caixa de som. A premiação deve acontecer na segunda metade de abril.

Dia Mundial da Água

Todo ano, a Itaipu promove ações em seus públicos externo e interno para lembrar o Dia Mundial da Água. Em 2021, foi criada uma campanha para escolher um jingle para criar a identidade da coleta seletiva da região. A escolhida foi uma música com o slogan “Quem consome e separa de forma consciente, cuida da água e cuida da gente. Minha atitude faz a diferença.”

Comentários

Deixe a sua opinião