Blenda Dal Moro da depoimento sobre os desafios de sua vida profissional e seus projetos

4604

Pense em uma pessoa com um coração gigante e uma vontade de viver maior ainda. Essa é Blenda Dal Moro, que aos 26 anos trocou a estabilidade de um emprego consolidado pela oportunidade de transmitir sua energia positiva aos outros.

A vida profissional começou cedo para Blenda. Seu primeiro emprego foi em uma loja masculina de shopping, e ela literalmente viu a loja nascer. Foi a primeira funcionária a ser registrada na empresa em Foz e, em menos de um ano, passou a gerenciar o local. Lá se manteve por oito anos. Formou-se em Processos Gerenciais e fez pós-graduação em Marketing e Vendas. Mas quis mais.

“Eu tenho energia em excesso, estou sempre pesquisando e adquirindo novos conhecimentos, e por ser assim é que eu saí da minha zona de conforto do emprego que eu tinha para me aventurar e me descobrir em uma profissão nova. Tô pisando no escuro, o novo me enche de medo, mas com fé em Deus e amor no peito sei que vai dar tudo certo.”

Atualmente ela atua na empresa Dale Carnegie, que oferece treinamento de gestão de pessoas para aquelas que, assim como ela, acreditam no melhor do ser humano. “Meu trabalho é potencializar lideranças dentro das empresas, oferecendo uma metodologia para transformar a autoconfiança e principalmente o ambiente de trabalho. Acredito que as ferramentas para lidarmos com o outro apoiam o desenvolvimento e o crescimento das empresas de Foz do Iguaçu e região.”

E esse interesse pelo outro é algo que Blenda tem desde sempre. “Minha mãe é criadora de cães, então eu cresci cercada por esse amor pelos animais. Tive vários bichinhos de estimação. Então eu sou aquela pessoa que, se vê um animal abandonado na rua, sempre tento fazer algo para melhorar sua situação. Eu muitas vezes pego e dou um jeito de cuidar e achar um lar para ele. Da mesma forma, se posso ajudar alguma família, amigos ou entidade, eu ajudo.”

Apesar de o futuro parecer ser uma caixinha de surpresa para Blenda, ela mantém a fé e a certeza de que as coisas darão certo, pois toda essa dedicação, seja a pessoas ou animais, é também fruto das artes marciais que Blenda praticou desde novinha e que a ensinaram a ser uma pessoa focada e disciplinada.

“O taekwondo me ensinou muito, e gosto de reforçar que foi através desse esporte que eu aprendi sobre respeito e disciplina, ele foi um grande aliado a me tornar uma pessoa empenhada em meus objetivos.”

 “Vejo que a cada dia temos algo novo a aprender, e esse ensinamento pode vir de onde menos esperamos.”

 

  “Que nunca falte para você e nem para mim. Amém!”

 

Fotografia: Armando Abdias 

 

 

Local: Tetris Container Hostel

Make: Capobianco

Looks: Estação 65

Fotos: Armando Abdias 



Formada em Jornalismo (UDC) e pós-graduada em Relações Internacionais Contemporâneas (Unila), atualmente é jornalista e editora na Revista 100fronteiras.


Deixe um comentário