Barragem de Itaipu ganha cores do Outubro Rosa, nesta sexta-feira (4)

369

Dos 829 refletores que iluminam a barragem, 140 têm a lâmpada trocada para que a barragem ganhe a tonalidade da campanha

O quê: Iluminação rosa da barragem de Itaipu;

Quando: Sexta-feira (4), às 19h15;

Onde: Centro de Recepção de Visitantes de Itaipu, Avenida Tancredo Neves, 6702 – Jardim Itaipu, em Foz do Iguaçu.

Atenção, imprensa: Os profissionais interessados na cobertura desta sexta-feira (4) devem comparecer ao Centro de Recepção de Visitantes (CRV), até as 19h15. O atendimento à imprensa no local será feito pela Assessoria de Comunicação do Parque Tecnológico Itaipu (PTI).

Às 19h30, o ônibus que levará os jornalistas e os demais turistas partirá do CRV. Não será permitida a entrada com veículo próprio. Depois da parada no Mirante Central para o acendimento da barragem, o grupo passará pelos condutos forçados iluminado nos tons da campanha, cumprindo o roteiro completo do atrativo Itaipu Iluminada.

 

Sobre o evento

Logo mais, à noite, um dos monumentos mais imponentes do mundo, a barragem da usina de Itaipu, na fronteira entre Brasil e Paraguai, ganhará a tonalidade do Outubro Rosa. É o sexto ano consecutivo que a binacional adere à ação global de conscientização sobre o câncer de mama. A atração “Itaipu Iluminada” é promovida sempre nas noites de sextas e sábados.

“A adesão à campanha é uma forma de chamar a atenção sobre prevenção e tratamento da saúde, algo tão valioso e que não podemos descuidar nunca”, diz o diretor-geral brasileiro de Itaipu, general Joaquim Silva e Luna.

O câncer de mama é o tipo de câncer mais comum, entre as mulheres, e é também o que mais mata, na maioria dos casos por falta de prevenção. Segundo o Instituto Nacional de Câncer (Inca), do Ministério da Saúde, vão ocorrer 59.700 casos novos de câncer de mama no País, apenas em 2019. As mulheres são as principais vítimas da doença, mas os homens também são acometidos por esse tipo de câncer, na proporção de 1%.

 

Como ver Itaipu nos tons da campanha

Dos 829 refletores que iluminam a barragem, 140 têm a lâmpada trocada para a campanha Outubro Rosa. São os refletores localizados na pista a montante da cota 144, voltados para os condutos forçados (aquelas tubulações brancas que saem da barragem).

Quem quiser conferir a usina iluminada nas cores da campanha tem até o dia 26 de outubro (sábado). As saídas são feitas às 19h30 e a duração é de uma hora e meia. Moradores de Foz do Iguaçu e região não pagam.

Mais informações podem ser obtidas em https://ingressos.turismoitaipu.com.br/p/itaipu-iluminada

 

Mais eventos

Itaipu também está envolvida na organização de outros eventos sobre o tema no município, em conjunto com a Rede Mulher Foz, um núcleo composto por 20 entidades empresariais e assistenciais, das esferas pública e privada.

Neste sábado (5), o Centro de Convivência do Bubas recebe a médica Wilma Nancy Campos Arze, convidada pela Universidade Federal da Integração Latino-Americana (Unila). Ela deve conversar com as mulheres da região sobre como se prevenir da doença. O evento também contará com aferição de pressão arterial, teste para diabetes, sorteios e atividades recreativas para crianças.

No domingo (6), haverá a Caminhada de Rua, com a saída marcada para as 8h30, no Colégio Bartolomeu Mitre, e chegada na Feirinha da JK. A inscrição é 1 kg de alimento não perecível, que será doado para a comunidade do Bubas.

O encerramento das atividades será marcado por um jantar beneficente na Quinta das Marias, no dia 25 de outubro (sexta-feira), a partir das 20h. Os ingressos custam R$ 130 por pessoa, com rolha livre, e devem ser comprados nos pontos de venda Realce Modas, Eko7, Loja Doidão, Imobiliária Cássia Regina, Carlão Auto Peças e Alice Modas.

 

A Itaipu

Com 20 unidades geradoras e 14 mil MW de potência instalada, a Itaipu Binacional é líder mundial na geração de energia limpa e renovável, tendo produzido, desde 1984, mais de 2,6 bilhões de MWh. Em 2016, a usina brasileira e paraguaia retomou o recorde mundial anual de geração de energia, com a marca de 103.098.366 MWh. Em 2018, a hidrelétrica foi responsável pelo abastecimento de 15% de toda a energia consumida pelo Brasil e de 90% do Paraguai.

 




Deixe um comentário